Click e Ouça Sua Rádio Online

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Prefeitura de Tuntum, segue recuperando estradas que dar acesso a Zona Rural

No intuito de melhorar a trafegabilidade e facilitar o escoamento da produção rural do município, o prefeito Tema, por meio da Secretaria de Obras, segue trabalhando diuturno na recuperação de estradas que dar acesso a zona rural. A estrada que liga o Município ao Povoado Olho D´água, está com suas obras a todo vapor, para assim suprir com as necessidades da população local. Dando mais segurança e comodidade  para quem transita pela região.


“É preciso investir em educação e geração de emprego e renda”, diz Wellington ao destacar ações de combate às drogas

“É preciso investir em educação e geração de emprego e renda”, diz Wellington ao destacar ações de combate às drogas
O deputado Wellington do Curso esteve presente na reunião realizada pela Rede Maranhese de Diálogo sobre Drogas-REMADD na Assembleia Legislativa, nesta quarta (13). No momento foram tratadas possíveis propostas e ações para prevenção e combate às drogas no Estado do Maranhão.
A participação do legislativo é de suma importância neste processo, juntamente com autoridades, agentes públicos e principalmente a sociedade civil.
“É preciso investir em educação e geração de emprego e renda, tanto para ações de prevenção como de combate às drogas”, destaca Wellington.
O grupo propôs o retorno da atuação da Frente Parlamentar 770/15, a realização de uma Audiência Pública no dia 22 de março, e organização das Rodas de Diálogo no auditório da TV Assembleia.
Ainda neste mês, o grupo irá à Brasília-DF para dialogar com os representantes do Ministério da Saúde sobre ações a serem realizadas no Maranhão, de prevenção e combate às drogas, através do governo federal.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Horror: Engenheiro mata esposa e amante e logo depois comete suicídio

Horror: Engenheiro mata esposa e amante e logo depois comete suicídio
Na tarde de ontem, 14, o engenheiro Vinícius Seabra Cordeiro, 41 anos, flagrou a mulher, Luciene Mayer, 33, e o suposto amante dela, Albério Magalhães Rêgo, 34, dentro de um automóvel, matou os dois a tiros e depois se matou atirando na cabeça. O caso aconteceu por volta das 17h na Rua Rondônia, no bairro dos Estados, em Boa Vista/RR.
Uma equipe do Choque que integra o Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionada. No local, os policiais se depararam com os três corpos. Uma testemunha contou ter visto o momento em que o casal chegou em veículos separados, pediu uma cerveja e em seguida saiu no carro de Albério, uma picape Volkswagem Saveiro.

Casal foi morto dentro do carro que estava, segundo testemunhas, com os vidros fechados
“Logo em seguida, o autor dos disparos chegou de carona em outro veículo e aguardou o retorno do casal. Assim que os dois chegaram, ele saiu em disparada para abordar o veículo, começou a efetuar os disparos e depois praticou o suicídio”, disse o comandante da equipe.
O dono do estabelecimento comercial atendeu o casal e o autor dos disparos. O Bope não soube informar quantos tiros foram disparados, no entanto, no corpo de Albério, que estava nu, eram perceptíveis as perfurações no tronco. O engenheiro atirou enquanto as vítimas estavam com os vidros da picape fechados.

Arma usada no crime foi uma pistola
A testemunha relatou aos policiais que Luciene chegou ao ponto de encontro com Albério em um carro Volkswagem Golf. Depois que área foi isolada, muitos curiosos chegaram ao local e o trânsito ficou lento nas vias que dão acesso ao bairro. Os familiares das vítimas entraram em estado de choque depois que as identidades foram confirmadas pela polícia.

A Perícia Criminal e de Identificação realizaram todos os procedimentos técnicos antes dos corpos serem removidos pelo rabecão do Instituto de Medicina Legal (IML) para serem submetidos ao exame cadavérico.
A Folha apurou que em novembro do ano passado, Vinícius foi a Brasília para fazer uma defesa do projeto de reforma da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), uma vez que estava na função de engenheiro da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) e aproveitou a viagem ao Distrito Federal para fazer um curso. Naquela ocasião, segundo informações, ele recebeu uma fotografia de Luciene e Albério juntos.
Ele teria ligado para a mulher e feito ameaças de que mataria os dois. Ao retornar para Boa Vista, os amigos revelaram que conseguiram acalmar Vinícius, apesar de terem ficado bastante preocupados. Em um jantar de família e amigos, Luciene foi questionada sobre o episódio e declarou que ela e o marido estavam bem no relacionamento.
Luciene estava fazendo um curso de gastronomia e vendia pães recheados. Ontem, Vinícius teria perguntado aos colegas de trabalho quem gostaria de encomendar pães que ficariam prontos à tarde. O engenheiro saiu da Seinf ao meio-dia e não retornou.
A reportagem confirmou que Albério é ex-marido de uma prima de Luciene, por isso se conheciam há algum tempo.
Um colega de trabalho do engenheiro compartilhou que nos últimos dias eles haviam conversado sobre o fim do relacionamento com Luciene e orientou Vinícius a procurar uma igreja para fugir dos sentimentos que causassem perturbação.
O casal tinha dois filhos, um de cinco anos e outro de oito. O caso será investigado pela Delegacia-Geral de Homicídios. (DGH).
Folha BV
Via  Itambé Agora

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Filho mata o pai de 87 anos a pauladas e diz que recebeu ordem de "espíritos do mal"

Filho mata o pai de 87 anos a pauladas e diz que recebeu ordem de "espíritos do mal"
Crateús - Pai
Corpo do aposentado foi encontrado na sala de jantar. A casa estava toda ensanguentada 
Uma tragédia familiar foi registrada na madrugada desta quinta-feira (14) no Município de Crateús (a 345Km de Fortaleza). Um agricultor aposentado, de 87 anos de idade, foi morto a pauladas pelo próprio filho, que é portador de transtornos mentais. Depois de praticar o crime, o filho ligou para a Polícia e contou o que tinha acabado de fazer. Em seguida, tentou suicidar-se, aplicando um golpe de faca no pescoço.  Foi socorrido para o hospital e está detido.
A vítima do assassinato foi o agricultor aposentado José Ferreira de Souza, 87, conhecido como “Zé Belarmino”. Ele acabou morto por volta de 3h40 desta quinta-feira dentro de sua residência, localizada no bairro São Vicente, na periferia de Crateús. O corpo foi encontrado na sala de jantar e a casa estava repleta de sangue.
Detido pela Polícia, o filho assassino confesso, Antônio Gomes de Souza, 50 anos, o ”Antônio Belarmino”, solteiro, carpinteiro, natural do Piauí, disse que passou a noite toda acordado e que cometeu o crime porque “espíritos do mal” o atormentaram durante a noite mandando ele assassinar o pai.
Ficou e foi morto
A família do agricultor já sabia dos riscos diante do descontrole mental de Antônio. Temendo que algo de pior acontecesse, saíram de casa, mas o pai se recusou a abandonar a residência. Insistiu em ficar com o filho doente mental e por este acabou sendo assassinado.
Ainda de acordo com familiares, o assassino apresentava ainda mais risco quando ingeria bebida alcoólica, fato que vinha ocorrendo desde o começo desta semana. Todos saíram de casa, com exceção do pai, que acabou morto pelo filho.

Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido: "Pensei que ia morrer"

Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido: "Pensei que ia morrer"
Reprodução/Facebook
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido em Angra dos Reis (RJ)Imagem: Reprodução/Facebook

Uma mulher de 28 anos foi chicoteada com um fio elétrico pelo marido ao lado do seu filho de oito meses em Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro. O caso, que aconteceu em 3 de fevereiro, foi revelado na quarta-feira (13) pela irmã da vítima.  Segundo informações da Polícia Civil, já há um mandado de prisão temporária expedido na última sexta-feira (8) contra o marinheiro Uelinton Oliveira, 33. Ele é considerado foragido pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Angra dos Reis. O UOL não conseguiu localizar a defesa do acusado. 

Fonte: UOL

Jovem morre após 'gravata' de segurança em mercado na Barra

Jovem morre após 'gravata' de segurança em mercado na Barra

De acordo com Corpo de Bombeiros, rapaz de 19 anos sofreu parada respiratória. Vídeo mostra segurança sobre o garoto, suspeito de furto, que está imóvel.

Segurança ficou sobre o homem, que deixou o mercado desacordado — Foto: Reprodução/Redes sociais
Um homem morreu após ficar desacordado ao levar um "mata-leão" de um segurança de um hipermercado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, na tarde desta quinta-feira (15). Segundo mercado, o rapaz tentou tomar a arma de um segurança.
Imagens que circulam em redes sociais mostram o vigilante em cima do jovem, já aparentando estar desacordado. Pessoas no entorno tentam convencer o segurança a liberá-lo, em vão.
Segurança ficou sobre o homem, que deixou o mercado desacordado — Foto: Reprodução/Redes sociais
O suspeito morreu no Hospital Lourenço Jorge, na Barra.
O caso aconteceu pouco depois das 12h. Nas imagens, o vigilante é visto sobre o rapaz. Clientes do mercado ficam em volta do segurança e do jovem. Uma mulher chega perguntar se o garoto não está desmaiado.
Um cliente chega a tocar no segurança que responde: "Não segura, senhor, quem sabe sou eu".
Outros seguranças se aproximam do local. Ao mesmo tempo, um cliente afirma que o rapaz está "roxo". E uma mulher grita: "está sufocando".
"Ele está desacordado", desespera-se outra mulher. Ainda sobre o rapaz, o vigilante grita com as pessoas ao redor: "Cala a boca".
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o jovem identificado como Pedro Gonzaga, de 19 anos, sofreu parada respiratória, foi socorrido e levado, às 12h47, para o hospital.
Em nota, a Secretaria da Polícia Militar confirmou a agressão.
"A Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que equipes do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) foram acionadas para uma ocorrência onde um homem e seguranças de um supermercado, situado na Av. das Américas, entraram em luta corporal durante a tarde desta quinta-feira (14/2). Chegando ao local, o envolvido já havia sido socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. As partes ainda presentes foram conduzidas à 16ª DP (Barra da Tijuca) para apreciação dos fatos".
Em nota, o Extra Supermercado informou que os seguranças envolvidos no caso foram imediatamente afastados. "A rede esclarece que repudia veemente qualquer ato de violência em suas lojas. Sobre o fato em questão, a empresa já abriu uma investigação interna e constatou de forma inicial que se tratou de uma reação a tentativa de furto a arma de um dos seguranças da unidade da Barra da Tijuca. Após o indivíduo ser contido pelos seguranças, a loja acionou a polícia e o socorro imediatamente. A empresa já abriu um boletim de ocorrência e está contribuindo com as autoridades para o aprofundamento das investigações."
Do G1

Deputado Wellington defende agentes comunitários de saúde e aciona Ministério Público para obrigar Flávio Dino a cumprir a Lei

Deputado Wellington defende agentes comunitários de saúde e aciona Ministério Público para obrigar Flávio Dino a cumprir a Lei
O deputado estadual Wellington do Curso se reuniu, na Assembleia Legislativa do Maranhão, com varios agentes comunitários de saúde, que foram até ao Parlamento como forma de manifestação para que o governador Flávio Dino respeite a categoria. A principal demanda é para que haja o cumprimento da Lei Estadual nº 10.583/2017, para implantação da Política Estadual de Cofinanciamento da Atenção Primária em Saúde do Estado do Maranhão (Pecaps).

Na ocasião, os agentes comunitários expuseram suas experiências e disseram que, atualmente, se sentem enganados pelo governador.

“Ano passado, o governador nos chamou para uma conversa. Editou uma Medida Provisória que adequava a Lei à nossa realidade, suspendendo a exigibilidade do prontuário eletrônico como obtenção para o incentivo financeiro de até 10%. Ele fez isso porque sabia que era impossível atender a todos os requisitos. O tempo passou e a medida provisória não foi transformada em lei. Agora, aqui estamos: enganados e sem ter acesso ao que nos é de direito”, desabafou uma das agentes de saúde presentes na audiência.

Após ouvir as solicitações dos agentes comunitários, o deputado Wellington ofereceu representação ao Ministério Público e à OAB para que adotem as devidas providências quanto ao descumprimento da Lei Estadual e, ainda, quando à não adequação da legislação à realidade social do estado.

”Existem exigências legais que não têm sido atendidas junto aos municípios e que, com a atual infraestrutura, nem tem como ser atendidas. Como consequência, Flávio Dino, com o seu legalismo descontrolado, prejudica os agentes comunitários de saúde com a não concessão de, pelo menos, 10% de incentivo financeiro. Não é favor. É previsto em Lei. Encaminhamos os fatos aqui barrados ao Ministério Público para que adote as devidas providências. Não adianta, em coisa alguma, ter uma legislação que não é adequada à realidade social. O governador sabe disso. Tanto é que em 2018 ele suspendeu uma dessas exigências para que os agentes em todo Maranhão pudessem receber essa gratificação a partir de março. Agora, tenta usar a Lei para prejudicar a categoria. Estamos nessa luta. Contem comigo, agentes comunitários de saúde do Maranhão “, disse Wellington.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

“Flávio Dino enganou todo mundo“, diz deputado Wellington ao cobrar nomeação imediata dos aprovados na Polícia Militar e outros concursos

“Flávio Dino enganou todo mundo“, diz deputado Wellington ao cobrar nomeação imediata dos aprovados na Polícia Militar e outros concursos

Falsas promessas e ações midiáticas. Essa é a descrição do que o governador Flávio Dino tem feito no Maranhão, sobretudo, quanto aos aprovados em concursos públicos. Diante disso, na Assembleia Legislativa, o deputado Wellington do Curso voltou a cobrar a nomeação imediata dos 1.800 aprovados no concurso da PM, já que houve a previsão na lei orçamentária de 2019 para a nomeação de 2.000 novos PM’s. A solicitação do deputado Wellington abrange os  integrantes do cadastro reserva, as pessoas com deficiência e os subjudice’s.

Além disso, o deputado Wellington solicitou também a retirada da cláusula de barreira no concurso da Polícia Civil, bem como a nomeação dos aprovados.

“Essa não é a primeira vez em que solicitamos a imediata nomeação dos aprovados no concurso da Polícia Militar e Polícia Civil. Existe previsão orçamentária, por exemplo, para a nomeação imediata de 2.000 novos policiais militares. Falta é competência! Governador, pare de brincar com a segurança das pessoas. A vida delas não se pode devolver com essa propaganda mentirosa. Quando o assunto é concurso público e nomeação o que se percebe é que Flávio Dino enganou todo mundo”, disse o deputado Wellington.

A defesa dos concursados é uma característica do deputado Wellington do Curso, que também já cobrou a nomeação dos aprovados no certame da EMAP, SEGEP, DETRAN, entre outros.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

“A base de Flávio Dino mudou, mas a falta de transparência ainda é a mesma”, diz deputado Wellington após ter pedido de informação barrado

“A base de Flávio Dino mudou, mas a falta de transparência ainda é a mesma”, diz deputado Wellington após ter pedido de informação barrado
Wellington voltou a criticar as falta de transparência que marca o governo Flávio Dino
Um simples pedido de informações sobre as 830 escolas reformadas e/ou reconstruídas anunciadas pelo Governo do estado foi indeferido pela Assembleia Legislativa do Maranhão. O pedido, formalizado por meio de requerimento pelo deputado Wellington do Curso, contou apenas com dois votos favoráveis.
Sobre o indeferimento, Wellington ser lamentável a conduta da base do governador Flávio Dino, que apesar de ter mudado em alguns nomes, permanece com a falta de transparência.
Escola está em péssimas condições de infraestrutura, muito diferente do que é alardeado na propaganda oficial
“Se eles realmente reformaram e/ou reconstruíram as 830 escolas que tanto anunciam na propaganda enganosa do Governo, por que não enviar a relação com os nomes? Já fizemos essa solicitação quando o número era de 574 escolas. Visitamos algumas e comprovamos a mentira. Em algumas, como o Centro Robson Martins, desde 2017 até hoje, os professores e estudantes esperam pela reforma que só existiu na propaganda deles. E agora, com a mudança no Parlamento, eles indeferem um simples pedido de informação. A base de Flávio Dino mudou, mas a falta de transparência ainda é a mesma”, afirmou Wellington.
Wellington denunciou o caso pela primeira vez em julho de 2017
Diante do indeferimento do pedido de informações, o deputado Wellington oficiou a Secretaria de Educação do Governo do Estado do Maranhão e, caso não obtenha as informações no prazo legal, ingressará juridicamente para ter acesso aos dados. Tal solicitação justifica-se pelo projeto “De Olho nas Escolas”, que é desenvolvido por Wellington em parceria com professores e estudantes.
Deputado mostrou flagrante de alunos assistindo a aula aso relento
Centro de Ensino Robson Martins consta da lista do programa Escola Digna como tendo sido reformada