quinta-feira, 18 de julho de 2019

Devido sua humildade, secretário de saúde fabrício coelho recebe inúmeros elogios nas redes sociais



Depois de compartilhada nas redes sociais, pelo blog Tuntum Verdade,  a posse do novo secretário de saúde do Município de Tuntum, Fabrício Coelho, não param os elogios ao jovem enfermeiro por ser o escolhido para assumir essa pasta que é a mais importante do governo.

Veja alguns dos elogios:


Prefeito Tema é convidado para café da manhã com pastor Jelmes luz Carvalho e sua esposa Silvana Soriano Da Igreja Batista.

 O pastor Jelmes Luz Carvalho e sua esposa Silvana Soriano Da Igreja Batista no município de Tuntum, ofereceram um delicioso café da manhã para o prefeito Tema.
 Entende-se que, paralelo aos serviços de uma Prefeitura Municipal, vários setores da sociedade ajudam em uma administração municipal.
 Entretanto, a espiritualidade das pessoas é alimentada principalmente pela ação das igrejas, que através do trabalho baseado na fé cristã, orientam as pessoas no desenvolvimento e na prática do amor ao próximo, apoiando-as nos momentos de alegria ou de dor, e principalmente procurando direcioná-las ao bom caminho.

Veja fotos: Jovem é preso por torturar e fazer ex-namorada comer fezes de animais.

Veja fotos: Jovem é preso por torturar e fazer ex-namorada comer fezes de animais.
Foto: Divulgação
à família, Márcio Cruz, 19 anos, diz que só não matou a menina por que a "vida dela vale menos que merda"
Márcio Cruz da Conceição, de 19 anos, foi preso pela Polícia Civil acusado de torturar e ameaçar a ex-namorada no dia 23 de junho, no distrito de Icoaraci, em Belém. As informações são do portal G1.

O Ministério Público do Pará (MPPA) pediu a prisão do acusado após colher o depoimento da vítima e analisar o material entregue. Foi constatado que a ex-namorada foi submetida a cinco horas de agressões.

Durante a sequência de torturas, a menina foi obrigada a comer fezes de animais e ainda teve o cabelo raspado. 


Segundo depoimento da vítima, ela teria recebido o convite de Márcio para almoçar na casa dele, e ele estaria inconformado com o fim do relacionamento.

Em áudio enviado à família, Márcio Cruz, 19 anos, diz que só não matou a
menina por que a "vida dela vale menos que merda"(Fotos: Reprodução)

O jovem, então, começou as agressões com barra de ferro e depois raspou o cabelo da ex-namorada com uma navalha, cortando o rosto e o couro cabeludo. O réu ainda teria feito na testa dela a letra “M”, em alusão à inicial do seu nome. 

Metrópole

Sob muitos aplausos, Fabrício Coelho se torna o novo secretário de saúde de Tuntum


A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Tuntum, a partir de hoje, 18/07/2019, tem um novo titular assumindo a pasta. O jovem enfermeiro Fabrício Coelho, substitui Maurício Seabra no comando da secretaria. 
O ato de cerimônia de posse do novo secretário de saúde, Fabrício Coelho, se deu hoje pela manhã no prédio da secretaria de saúde, situada na Avenida Joacy Pinheiro.
Teve a presença do prefeito Tema, que em seu discurso, deu ao novo secretário total autonomia para dirigir a secretaria em um todo.

O novo secretário foi bastante aplaudido pelos presentes e também muito elogiado pelo prefeito Tema, que acredita em seu potencial no controle da pasta.
"Tenho uma grande missão de atender o povo, principalmente os mais necessitados! Não medirei esforços em minha nova função, trabalharei diuturno para atender as demandas". Disse o novo secretário, Fabrício.
























domingo, 14 de julho de 2019

Absurdo! Mulher empurra padre Marcelo Rossi, e choca internautas. VEJA VÍDEO:

Na tarde deste domingo (14), os internautas ficaram chocados com o vídeo que mostra uma mulher empurrando o padre Marcelo Rosside cima de um palco, ele estava celebrando uma missa em São Paulo, quando foi agredido.
Os fiéis presentes na cerimônia se levantaram imediatamente, sem entender o que havia acontecido. A missa estava sendo celebrada ao vivo, mas em casa ninguém ficou sabendo o que houve, já que a câmera parou de filmar o altar e ficou mostrando as pessoas presentes.
Nas redes sociais, muitos fiéis se mostraram preocupados. “Como alguém tem coragem de agredir o Padre Marcelo?”, perguntou um internauta. “Será que ele está bem?”, questionou outro.
Muitas pessoas estão pedindo que todos fiquem em oração pelo padre, já que até agora ninguém deu notícias sobre seu estado de saúde. Os internautas se mostraram chocados com a força com que a mulher empurrou o religioso.
Mano e o padre Marcelo Rossi que foi empurrado no meio da missa da canção nova????????????????????????????????????????
Veja outros Tweets de princesa da favela instigante
No vídeo é possível ver o momento exato em que padre Marcelo estava fazendo sua pregação, quando a mulher surge correndo e o empurra. Foi tudo tão rápido, que nem os padres que estavam no altar perceberam quando ela chegou.
Indignada com a agressão que o padre Marcelo Rossi sofreu enquanto celebrava a missa ! Que absurdo
Veja outros Tweets de Roberta 🦄
Várias fiéis estão inconformados com o ocorrido e querem notícias do padre, como também estão na torcida para que as pessoas presentes no evento tenham conseguido segurar a mulher até que a polícia chegasse ao local e tomasse as devidas previdências.
wtf cabei de ver o video do Padre Marcelo Rossi sendo empurrado
a mulher empurra e foi olhar ou ajudar?
que doidera
Veja outros Tweets de Gato de Schrödinger
Assista no vídeo abaixo, o momento exato em que o religioso é empurrado de cima do palco e a mulher vai atrás dele.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde do padre e os internautas seguem revoltados com o ocorrido.
1 News

Casal de jovens é assassinado a tiros dentro do carro

Casal de jovens é assassinado a tiros dentro do carro
Um duplo homicídio foi registrado pela polícia no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, na noite deste sábado (13).

Conforme o boletim de ocorrências da Secretaria de Segurança Pública, Mariana de Jesus Santos, de 22 anos, e Cláudio Lohan de Carvalho Martins, 23, foram assassinados a tiros na Rua Nova do Passé, no centro da cidade, por volta das 20h.
[Casal de jovens é assassinado dentro do carro em Candeias]
Informações preliminares apontam que as vítimas eram namorados. Após ser baleado dentro de um veículo, o casal chegou a ser socorrido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos. A motivação e a autoria do crime serão investigadas pela Polícia Civil.
BNews

Prefeitura de Tuntum ilumina todo o povoado Aldeia


A prefeitura de Tuntum, através de um pedido do vereador Alan Noleto, autorizou aos servidores da secretaria de obras do município, a iluminar todo o Povoado Aldeias, dando assim mais sossego e tranquilidade aos moradores daquela localidade.

Povoado Aldeia todo iluminado, obrigado ao nosso Prefeito Tema por atender mais um pedido meu enquanto vereador de nossa Tuntum.O povo que ali reside também agradece. Alan Noleto

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Acreditando na magia que existe na educação!

Alguns recebendo mais e outros menos; uns trabalham para receberem e outros ficam só na poltrona a espera. Essa é a lei de sobrevivência da educação do Município de Tuntum.
Por isso eu falo que: O CÂNCER DA EDUCAÇÃO(") TEM QUE SER EXTIRPADO, não se deve dar aspirina pra ele não!!!

ACÚMULO DE CARGOS PÚBLICOS: OAB MARANHÃO PEDIRÁ PRORROGAÇÃO E UMA REANÁLISE NAS NOTIFICAÇÕES FEITAS PELOS ÓRGÃOS DE CONTROLE JUNTO ÀS PREFEITURAS MARANHENSES

ACÚMULO DE CARGOS PÚBLICOS: OAB MARANHÃO PEDIRÁ PRORROGAÇÃO E UMA REANÁLISE NAS NOTIFICAÇÕES FEITAS PELOS ÓRGÃOS DE CONTROLE JUNTO ÀS PREFEITURAS MARANHENSES
O envio de ofício aos Tribunais de Contas e ao Ministério Público e as prefeituras do Maranhão solicitando a prorrogação do prazo para exoneração dos 37 mil servidores públicos, bem como que seja feita uma análise da questão de acúmulos de cargos mais aprofundada e também que seja feita análise da situação previdenciária de maneira urgente, de cada um dos servidores notificados foram os encaminhamentos dados ao final da Audiência Pública “ACÚMULO DE CARGOS PÚBLICOS: uma análise ampla do Artigo 37 da Constituição Federal e as consequências de sua apuração pelo TCE e MPMA”, realizada pela OAB Maranhão, na tarde de ontem, 10/07, e que reuniu cerca de 600 pessoas em seu auditório.
“A OAB Maranhão, mais uma vez, assume o protagonismo de guardiã e defensora da sociedade e reuniu aqui os entes formadores da rede de controle e os servidores públicos para debater essa questão do acúmulo de cargos. Ouvimos diversos relatos de servidores que foram notificados e que não se enquadram na situação de acúmulo. Por isso, será enviado oficio ao TCE/MA solicitando a prorrogação do prazo do processo em curso estipulado pela Rede, tendo em vista que houve falha no sistema de apuração interna dos órgãos gestores. Precisamos também que seja apurado cada caso individualmente, como forma de assegurar o respeito à ampla defesa de todos”, destacou o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz.
Promovida pela Comissão de Direitos Difusos e Coletivos da OAB Maranhão, a audiência reuniu além dos servidores públicos, advogados, procuradores municipais, estaduais e federais e representantes da Rede de Controle, além de representantes dos poderes públicos estadual e municipal. Durante cinco horas de intensos debates e de diversos relatos de servidores das áreas da educação, saúde e segurança dos mais variados municípios do Maranhão que estão preocupados com o processo de apuração da rede de controle e que pode levar à perda de seus empregos ou mesmo aposentarias em alguns casos.
Para o presidente da Comissão de Direitos Difusos e Coletivos, Marinel Dutra, o objetivo é encontrar uma solução mais humana para o processo proposto pelos órgãos da Rede de Controle “A OAB enquanto entidade reconhecidamente como defensora dos direitos da sociedade, instigou este debate com o intuito de reunir todos os atores que fazem parte da rede controle e chegarmos a um entendimento mais humanizado e justo nesse processo que se encontra em curso, sobretudo, na busca pelo respeito ao princípio do processo legal e da ampla defesa, para que não seja tão traumático para os servidores. Queremos garantir aos que têm direito, que este, seja respeitado; e os que estão na situação de acúmulo que saiam de forma digna do serviço público”, pontuou.
Fizeram o uso da palavra ainda pela OAB Maranhão a advogada e membro da Comissão de Defesa da Educação, Vanise Pinheiro, e o Conselheiro Seccional Sérgio Aranha, ambos destacando a importância do debate do Art. 37 da Constituição. “Os princípios contido no caput têm que se relacionar com outros valores contidos na Carta Política Nacional, em particular ao direito do trabalho, à dignidade da pessoa humana, ao direito a vida, ou seja, ao princípio da humanidade, sendo que, jamais, o Inciso 16, contido na referida norma, possa ser interpretado de forma literal, isolada, sem exaurir os outros meios interpretativos”, observou Sérgio Aranha.
O Ministério Público e o Tribunal de Contas também realizaram audiências públicas para esclarecer gestores e munícipes sobre a ferramenta e sobre as providências administrativas a serem tomadas pela Corte. O assessor-chefe da Procuradoria Geral de Justiça, Justino Guimarães, considerou que a participação do Ministério Público no evento foi esclarecedora e serviu para tirar as dúvidas dos participantes. “O Ministério Público estará sempre vigilante no cumprimento das normas da Constituição e das leis, zelando pelo respeito aos direitos de cada cidadão”, comentou.
Ao longo da audiência diversos casos foram relatados por servidores e representantes de entidades sindicais. Casos como o do professor Israel Melônio, do município de São João Batista, e que possui duas matrículas como professor e também foi notificado pelos órgãos de controle e participou da audiência para verificar se de fato se enquadra na questão de acúmulos de funções. O relato de José Ribamar dos Santos Júnior, presidente do sindicato de Servidores Públicos de Olinda Nova do Maranhão, que relatou a situação de vários servidores públicos que se encontram na situação de acúmulos, mas que desenvolvem suas atividades normalmente, sem prejuízos ao erário público.
O assessor especial da Presidência do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, Márcio Rufino, explicou que “o TCE disponibilizou um sistema que permite aos gestores municipais identificarem quais os servidores recebem mais de uma fonte de renda. E tem um prazo para justificar isso. Isso não quer dizer que o servidor esteja em uma situação de acúmulo de cargos. Mas ele precisa explicar a situação junto ao gestor municipal e poderá solucionar a questão. Agora, havendo uma ilegalidade, caberá ao gestor resolver”, disse.
Ainda esta semana a Comissão de Direitos Difusos e Coletivos da OAB Maranhão trabalhará na elaboração dos ofícios a serem enviados ao TCE e demais entidades que fazem parte da Rede de Controle solicitando a prorrogação para o prazo mínimo de 6(seis) meses no processo de apuração em curso, como forma de salvaguardar a boa prestação dos serviços públicos e também em respeito ao princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa.
Participaram da audiência pública pela OAB Maranhão, além do presidente Thiago Diaz, e do presidente da Comissão de Direitos Difusos e Coletivos, Marinel Dutra, o presidente da Comissão de Defesa da Educação, Gustavo Mamede, o Conselheiro Seccional Sérgio Aranha, a advogada Vanise Rodrigues membro da Comissão de Defesa da Educação, e também representantes de Subseções da Ordem e presidentes de Comissões.
Representando o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, o assessor especial da presidência do TCE/MA, Márcio Rufino; representando o Ministério Público do Maranhão, o promotor de justiça e assessor especial da PGJ, Reginaldo Júnior; representando a Procuradoria Geral de Justiça, o assessor-chefe da Procuradoria Geral de Justiça, Justino Guimarães; representando o Tribunal de Contas da União, o secretário de controle externo do TCU, José Caminha Walravem; representando o INSS, o gerente executivo em São Luís, Cayus Oliveira; representando a Secretaria Estadual de Educação, o assessor jurídico da SEMA, Thiago Rosado; representando a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), o coordenador jurídico Guilherme Mendonça; representando a Defensoria Pública do Estado, o corregedor geral da DPE/MA, José Augusto Gabina de Oliveira; representando a Receita Federal, o auditor fiscal Sérgio Roberto Cotrim Guará; representando o poder legislativo a deputada estadual Helena Duailibe, representado a Câmara Municipal, os vereadores Pavão Filho e Professor Sá Marques, e a procuradora geral do município de Rosário, Iellen Moraes, além da presença de representantes de sindicatos de vários municípios do Estado.