quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

“Acho que ele não gosta de povo”, diz João Alberto sobre Flávio Dino

joao albertoO senador João Alberto (PMDB) partiu para cima, como se diz no popular, do governador Flávio Dino (PCdoB), hoje (18), durante entrevista à Rádio Estação FM, de Timon.
Ao avaliar a situação da segurança pública no Maranhão, o peemedebista traçou, também, um perfil do comunista.
E disparou: “Eu acho que ele não gosta de povo, eu acho ele não tem cheiro de povo. Ele pode até ser muito bom, mas como governador está sendo muito ruim para o Maranhão”.
João Alberto comentou, também, a onda de assaltos a bancos em todo o estado. E disse que o governo não tem comando.
“Nós temos que mostrar para o bandido que nós estamos mais organizados do que ele. […] Nossa polícia é excelente. Sendo bem comandada e sendo prestigiada, ela presta um bom trabalho. […] O governo não faz este comando. Não tem a sapiência de tentar puxar para ele o comando”, completou.
Timon
O senador criticou, ainda, o tratamento dispensado pelo Governo do Estado a Timon, cidade administrada por um aliado de primeira hora dos comunistas, o prefeito Luciano Leitoa (PSB).
Lembrou que foram retirados PMs da cidade para reforçar a segurança em São Luís e que, recentemente, foi anunciada a entrega, “com festa”, de três viaturas policiais.
“Eu, se fosse governador, teria vergonha disso”, finalizou.
Gilberto Leda