quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

E tome perseguição, INACREDITÁVEL, MAS VERDADEIRO! Flávio Dino impede investimento de R$ 65 Milhões no Maranhão...

Por Ricardo Murad (facebook)


NUM ATO DE PURA VINGANÇA, MOVIDO POR MEROS INTERESSES PESSOAIS, FLÁVIO DINO EXIGIU QUE DILMA VETASSE A INSTALAÇÃO DA SEDE DA EMBRAPA COCAIS EM COROATÁ, COMETENDO MAIS UMA TRAIÇÃO AOS INTERESSES DO NOSSO ESTADO, APENAS MOTIVADA PELA PERSEGUIÇÃO INSANA E IMPLACÁVEL MOVIDA POR FLÁVIO DINO CONTRA MIM, QUE ELE ELEGEU SEU PRINCIPAL INIMIGO.
COM ESSE VETO À CONSTRUÇÃO DA SEDE DA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EM COROATÁ APROVADA NO PLANO PLURIANUAL DA UNIÃO, O ESTADO PERDE INVESTIMENTO ESTRATÉGICO DE R$ 65 MILHÕES NUM SETOR VITAL E ESSENCIAL PARA O NOSSO DESENVOLVIMENTO.
Com um investimento de R$ 65 milhões, a construção da sede da Embrapa Cocais tinha previsão para inaugurar em 2018 e constituiria um marco na implantação de um polo de fomento à produção agrícola de toda a região dos cocais dos estados do Maranhão, Piauí, Pará e Tocantins.
Numa iniciativa do deputado federal Hildo Rocha, representante legítimo dessa região tão importante para a vida de milhões de brasileiros, aprovou no PPA essa estratégica e fundamental obra que agora foi vetada pela presidente Dilma por exigência e mero capricho do governador Flávio Dino, na sua ensandecida cruzada contra aqueles que escolheu para inimigos prejudicando, não só Coroatá, como todo seu próprio estado, que jurou desenvolver durante o seu mandato.
E o que falar da presidente Dilma? Me faltam palavras para qualificar a postura de quem, contra um povo que lhe deu a maior votação para a sua eleição, protagonizou uma atitude vergonhosa de presidente e que deve ser denunciada à nossa bancada federal na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, para que tomem as providências necessárias para derrubar o veto e assim garantir a implantação de tão importante e essencial investimento para o Maranhão e estados pertencentes à região dos cocais.