Notícias

sábado, 22 de abril de 2017

Expoema: Flávio Dino é o rei das contradições

Da coluna Estado Maior
Assim como vem sendo mostrado, o governador Flávio Dino (PCdoB) é bom em contradições. E lá vai mais uma: o comunista anuncia agora parceria do Governo do Estado com a Associação de Criadores na realização da Expoema. Isso ocorre depois de ele dificultar a realização da feira ano passado ao pedir o Parque Independência (local que ocorria o evento) para uma grande ação na área de habitação, que nunca se concretizou.
“Um dos anúncios feitos na reunião de ontem: em parceria com a Associação dos Criadores, faremos juntos a maior Expoema da nossa história”, disse o governador.
Essa declaração do comunista vai totalmente de encontro ao que ele disse em junho do ano passado também pelas redes sociais. Diante da polêmica da devolução ao Estado do Parque Independência, Dino disse que a Expoema é um evento privado e não do governo.
“A versão de que o ‘governo acabou com a Expoema’ é absurda, inclusive porque se trata de evento privado, não governamental”, escreveu, à época, o governador.
Mas como rei das contradições e como é ano pré-eleitoral – em que tudo é válido – não tem importância para o comunista e seus adoradores mudarem de postura. Agora o governo pode sim fazer a Expoema.
Assim como nomeação de parentes pode em nome do amor e fazer contrato de aluguel de imóveis (aluguel camarada) com membros do partido do governador. Assim como pode usar tráfico de influência para obter informações privilegiadas.
Na nova república do Maranhão, que teve início em janeiro de 2015, se for pelo projeto de poder de Flávio Dino, tudo pode.
Contradições, denúncias não apuradas de irregularidades no governo, perseguições a adversários e prática bem diferente do discurso fazem parte da rotina do governo comunista.
Gilberto Leda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog não se responsabiliza pelos comentários, são de única exclusividade dos autores, postantes..