segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Violência: Homem persegue e mata adolescente de 17 anos após ser denunciado por pedofilia

Júlia Beatriz Nascimento Souza, 17, foi alcançada pelo homem e alvejada na nuca, nas costas e no peito com diversos golpes de faca. A jovem não resistiu aos ferimentos.

Um homem de 38 anos perseguiu e assassinou a facadas uma jovem de 17 anos. De acordo com os parentes da vítima, o homicídio aconteceu por vingança, já que em 2016, a ex mulher teria o denunciado à polícia por ter estuprado sua afilhada. Ele é indiciado por estupro de vulnerável, inquérito que ainda tramita na Polícia Civil de Rio grande da Serra. Desde então não era mais visto pelos familiares. Segundo depoimento do namorado da vítima, que é afilhado do acusado, na noite do último sábado (27), ele, junto com sua namorada e sua irmã teriam avistado o ex padrasto do rapaz no centro da cidade, portando uma mochila. Segundo os jovens, o homem os “encarava” o tempo todo. Momentos depois, decidiram ir até o terminal Rodoviário, onde pegaram um ônibus e partiram até a casa do jovem, localizada no bairro Vila Suissa, em Ribeirão Pires.
Quando os jovens chegaram perto de casa, Paulo Cesar Alves de Oliveira, já os esperava em uma via pública, perto da residência. No entanto, dessa vez, o homem tirou uma faca de dentro da mochila, foi quando os três jovens decidiram correr.
Júlia Beatriz Nascimento Souza, 17, foi alcançada pelo homem e alvejada na nuca, nas costas e no peito com diversos golpes de faca. A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O assassino conseguiu fugir. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar trabalham juntas para encontrar o acusado, que teve prisão decretada e encontra-se foragido. Qualquer informação pode ser encaminhada através do telefone 181, onde a pessoa não precisa se identificar.