Header Ads

Brutalidade: Garota é assassinada pelo namorado, que atropelou o corpo várias vezes

Namorado de Lorraine Gabriele Jugni Camargo, de 18 anos, teria passado diversas vezes com veículo por cima do corpo da jovem. Polícia investiga o caso.

A família da jovem de 18 anos que morreu após ser atropelada várias vezes por um carro em Itatiba (SP) ainda tenta entender os motivos do crime. Para a irmã de Lorraine Gabriele Jugni Camargo, a garota foi brutalmente assassinada pelo namorado.

O atropelamento ocorreu na noite de sexta-feira (2) no bairro Caminho do Sol. A jovem chegou a ser socorrida com vida, mas morreu na madrugada de sábado (3). O motorista do carro fugiu sem prestar socorro à vítima. Ele já foi identificado pela polícia e o carro apreendido. Em entrevista na manhã desta segunda-feira (5), Laura Jugni disse que a irmã teria discutido com o namorado, com quem morava junto há três meses, e ele teria passado com o veículo por cima dela várias vezes.
“Ela não foi atropelada, foi brutalmente assassinada pelo namorado. Houve testemunhas. Ele que passou várias vezes com o carro em cima dela. Dói muito saber que ela morreu assim, que foi assassinada desse jeito. Não foi um acidente, não foi um atropelamento qualquer”, lamenta a irmã.
O corpo de Lorraine foi velado e enterrado no domingo (4) no Cemitério Municipal de Itatiba. A mãe da jovem, Regina Aparecida Jugni, saiu de Capivari para ir até o enterro da filha. “Eu quero que a justiça seja feita. Enquanto eu estiver viva, eu vou lutar por isso. Eu não vou desistir”.
Entenda o caso
De acordo com informações da Polícia Civil, uma testemunha disse que ouviu na noite de sexta-feira (2) a voz de Lorraine pedindo socorro e, em seguida, o barulho do motor de um carro acelerando. A mesma testemunha contou à polícia ainda que viu o momento em que um veículo passou por cima do corpo da vítima várias vezes. A jovem chegou a ser socorrida com vida pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Santa Casa de Itatiba, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de sábado. Ainda segundo informações da Polícia Civil, o motorista do carro já foi identificado, mas ainda não foi localizado. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí (SP). TV Tem.(Blog do Marcelo).

Nenhum comentário

O blog não se responsabiliza pelos comentários, são de única exclusividade dos autores, postantes..

Tecnologia do Blogger.