Header Ads

Othelino Neto diz a presidente da Fiema que manterá Legislativo em diálogo permanente com setores produtivos


Othelino Neto e a cúpula da Federação das Indústrias: visita produtiva
Othelino Neto e a cúpula da Federação das Indústrias: visita produtiva ao Legislativo

Sempre que tiver em pauta matéria que envolva o setor produtivo, a Assembleia Legislativa estará aberta a ter como interlocutora a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), por entender que a indústria, além ser braço chave do setor produtivo, tem na Fiema um interlocutor credenciado para dialogar com o Poder Legislativo. Trata-se de entendimento firmado pelo presidente da Assemblei Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), externado ontem, durante a visita da cúpula da Fiema, liderada pelo presidente Edilson Baldez, ao Poder Legislativo. Os dirigentes do segmento industrial, a começar pelo presidente da Fiema, não esconderam seu entusiasmo para com o presidente da Assembleia Legislativa, principalmente por se tratar de um político jovem e militante de esquerda.
Na conversa com os líderes do setor terciário maranhense, o presidente Othelino Neto foi enfático ao destacar a importância da manutenção do diálogo permanente da classe empresarial com o Poder Legislativo. “Para nós, é um prazer receber aqui a visita da diretoria da Fiema, liderada por Edilson Baldez. Tivemos uma conversa produtiva sobre o cenário econômico do país, mais especialmente sobre a conjuntura de nosso Estado, de modo que pudemos trocar informações sobre problemas e desafios do Maranhão, em face das mudanças que estão ocorrendo na vida econômica do Brasil”, assinalou o presidente do Poder Legislativo.
Othelino Neto foi mais longe ao acrescentar que é da importância capital para a economia do estado seja fundada em bases sólidas, entendendo ser da maior relevância que os projetos que afetam diretamente o setor produtivo sejam discutidos e analisados na Casa mediante essa interlocução com a Fiema e seus sindicatos. E concluiu: “Quem ganha com isso é o Maranhão”.
O posicionamento lúcido e propositivo do presidente da Assembleia Legislativa impressionou o presidente Edilson Baldez, que reafirmou ser fundamental a uma parceria inteligente e madura entre a Fiema e o Legislativo Estadual. “Foi muito importante esta visita de cortesia, porque tivemos a oportunidade de reafirmar o nosso interesse em manter o diálogo com a Assembleia Legislativa de nosso Estado e dizer da nossa disposição em contribuir para a discussão e o debate dos temas de interesse maior do setor produtivo do Maranhão”, afirmou Edilson Baldez.
O presidente da entidade que congrega o setor industrial do Maranhão destacou que o empresariado, mesmo com todas as dificuldades, busca sempre avançar na luta por melhores indicadores econômicos, que se refletem, também, na melhoria dos indicadores sociais.
– Os empresários dedicam-se à implementação de seus negócios, que são iniciativas que promovem a geração de mais renda e mais emprego para a nossa população. Daí o empenho para que possamos diminuir o nível de importação em nosso Estado. A nossa luta é para que os nossos produtos sejam cada vez mais competitivos e o Maranhão, cada vez mais, possa importar menos e exportar mais”, frisou o presidente da Fiema.
Em Tempo: Edilson Baldez estava acompanhado do empresário Luiz Fernando Renner, membro do Conselho Consultivo da Fiema; os presidentes do Sindicato das Indústrias de Ferro Gusa do Maranhão, Cláudio Donizete Azevedo; do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria de São Luís, Pedro Robson Holanda da Costa; e do Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Óleos Vegetais e de Produtos Químicos e Farmacêuticos do Maranhão, Raimundo Nonato Pinheiro Gaspar, e do diretor de Relações Institucionais da Fiema, Roberto Bastos.
Repórter Tempo(Ribamar Corrêa)

Nenhum comentário

O blog não se responsabiliza pelos comentários, são de única exclusividade dos autores, postantes..

Tecnologia do Blogger.