Notícias

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Mulher morre estrangulada com fio de celular e ex-companheiro confessa crime

Uma mulher de 28 anos foi assassinada em Herval D’Oeste, no Oeste catarinense, e seu ex-companheiro, de 40 anos foi preso na terça-feira (8) após confessar à Polícia Civil ter matado a vítima, segundo informações do G1. O Instituto Geral de Perícias (IGP) indicou que o homem teria usado as mãos e estrangulada a mulher com um fio de carregador de celular.
Em entrevista ao G1, o delegado André Cembranelli, responsável pelo caso, informou que o corpo de Lucineia de Oliveira foi encontrado em uma ribanceira em área rural da cidade, depois que o ex-companheiro indicou o local.
A vítima teria tido uma discussão com Nestor da Silva, o assassino, na casa de outra mulher com quem ele mantinha um relacionamento.
Buscas no local onde o corpo de Lucineia foi abandonado (Crédito:Polícia Militar/ Divulgação)
O homem foi preso por ocultação de cadáver e a Polícia Civil pediu prisão preventiva por homicídio, concedida pela Justiça. Ele foi encaminhado para o Presídio Regional de Joaçaba.
Ainda segundo a Polícia Civil, a vítima já tinha registrado diversos boletins de ocorrência por violência doméstica e chegou a ter medida protetiva. O ex-casal tinha dois filhos, de acordo com a Polícia Civil. IstoÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog não se responsabiliza pelos comentários, são de única exclusividade dos autores, postantes..