Header Ads

Barbárie: Andarilhos invadem casa e matam professora a pauladas enquanto dormia

Uma professora conhecida como Kaká foi morta na manhã de sábado (23) a pauladas enquanto dormia em sua própria casa, na na cidade de Maringá, município no Paraná. A principal suspeita da Polícia Civil é de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.
A Polícia Civil buscou imagens das câmeras de segurança de residências localizadas na região onde morava a professora Maria Aparecida Carnelossi Pacífico, 60 anos, para identificar os autores do crime que chocou Maringá.
Um morador de rua e usuário de drogas, de 41 anos foi preso e confessou o assassinato. Em depoimento, ele teria entregue um outro andarilho que também seria usuário de drogas e teria participado do crime. Esse suspeito também foi detido.
“O andarilho afirmou que os dois entraram na casa da vítima inicialmente para roubar, apenas, e não soube dizer como tudo caminhou até a morte dela”, destaca o delegado da 9ª SDP Luiz Henrique Vicentini, responsável pelo caso
Comoção
No domingo (24), um misto de comoção e incredulidade acompanhou dezenas de pessoas que estiveram no Cemitério Municipal de Maringá para o sepultamento de Kaká. Maria Aparecida era esposa do assessor do vereador Homero Marchese (Pros).
Itambéagora

Nenhum comentário

O blog não se responsabiliza pelos comentários, são de única exclusividade dos autores, postantes..

Tecnologia do Blogger.