Notícias

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Professora é morta com 26 facadas no Piauí e PM diz que marido é o suspeito

Segundo a Polícia Militar, o marido teria confessado o crime a um familiar que morava próximo à residência do casal, onde o crime aconteceu. O homem está foragido.

Professora foi morta com mais de 20 facadas no litoral do Piauí (Foto: Reprodução/Facebook)
Professora foi morta com mais de 20 facadas no litoral do Piauí (Foto: Reprodução/Facebook)

ma professora identificada como Selene Veras Roque, de 28 anos, foi assassinada na noite desse domingo (3) no povoado Brejinho, zona rural do município de Luís Correia, litoral do Piauí. Segundo o capitão Valdeci Galeno, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), o principal suspeito é o marido da professora identificado como Raimundo Neto Pereira, de 32 anos.
De acordo com a Perícia Criminal, a mulher sofreu 26 perfurações de facão dentro da residência onde morava. O crime teria acontececido na cozinha. A PM informou que o crime aconteceu depois que o suspeito buscou a esposa em uma universidade de Parnaíba, cerca de 70 km distante da residência do casal.
“A informação que recebemos é que eles sempre discutiam, mas nada de muito grave. Após cometer o crime, ele correu na casa de um cunhado ao lado e chegou a confessar o que tinha feito. Mesmo sem repassar detalhes, ficou comprovada a confissão. Em seguida ele fugiu”, contou o capitão.
Ainda segundo a PM, o suspeito pode ter tido ajuda de alguém durante a fuga. O facão utilizado no crime foi apreendido dentro da residência do casal. As perfurações atingiram o pescoço, abdômen, tórax, braços e as costas da professora. Logo na entrada da casa a polícia registrou manchas de sangue pelo chão.
“Havia muito sangue no chão da casa. Pelo que analisamos, o esfaqueamento se iniciou na cozinha e terminou na copa. Havia lesões de defesa, principalmente nos braços”, disse a perita criminal, Marcela Sampaio.
O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal de Parnaíba. O suspeito é considerado foragido.(G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog não se responsabiliza pelos comentários, são de única exclusividade dos autores, postantes..