sábado, 22 de junho de 2019

Bebê de 2 meses é sufocado de propósito pelos próprios pais


Este bebê de apenas dois meses foi sufocado pelo próprio pai

Os pais do bebê de dois meses acabam de ser condenados a prisão pela morte do filho

Um bebê de apenas dois meses foi sufocado pelos próprios pais e não resistiu. O pequeno Tyler Morgan de Staffordshire na Inglaterra faleceu no dia 29 de abril de 2014 e o julgamento de seus pais foi concluído na última sexta-feira (21/06).
Durante o julgamento, o júri concluiu com base nas informações apresentadas pelos investigadores, que o pequeno Tyler foi sufocado propositalmente pelo pai Luke Morgan, 26 anos. E a mãe Emma Cole, 22 anos, foi cúmplice no caso.
No julgamento, foi revelado que o pai sufocou o filho após seu choro ter interrompido a relação sexual do casal. O juiz Michael Chambers ainda revelou que os pais demoraram uma hora para chamar ambulância após o pequeno ter sido sufocado.
Ao chegar no hospital, Tyler não resistiu e faleceu. Durante exames realizados na criança, os médicos constataram que antes de ter sido sufocado, Tyler já tinha uma costela quebrada e marcas de mordida.
Além disso, foi revelado que o pai costumava usar o filho como “bateria”, batendo no pequeno de apenas dois meses , o que provavelmente levou a algumas de suas lesões.
Na conclusão do julgamento, o casal foi considerado culpado pela morte do filho. O pai foi condenado a oito anos e prisão e a mãe a seis anos.

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Mãe flagra marido estuprando a filha, e o mata com 185 facadas

Mãe flagra marido estuprando a filha, e o mata com 185 facadas
Condenada a prisão mulher que matou o homem que abusava da filha. Partilhe para que saibam o que é a justiça



Segundo informações, a mulher já havia apresentado queixas de violência doméstica contra o marido, que teriam sido ignoradas pelas autoridades, o que a levou a fazer justiça pelas próprias mãos.
Segundo o El Mundo jornal nacional argentino, Paola Naiaretti, de 38 anos, teria sido presa pelo crime de assassinato em primeiro grau, depois de ter encontrado o marido a abusar da sua filha.
Paola foi presa juntamente com a sua filha e acusada de assassinato e a sua filha e vitima acusada de ser cúmplice.
Ao que consta depois de ter descoberto, Paola Naiaretti, cheia de raiva, terror e coragem, enfrentou-o e acabou por o matar com 185 facadas.
De acordo com a acusação ao confrontar o homem, a mulher “foi buscar uma faca de 15 centímetros” e desferiu vários golpes nele.
Ela esperou pela chegada das equipas de emergência médica e das autoridades ao local para confessar o crime, reforçando o porquê de ter cometido o ato de fúria. A mulher admitiu ter matado o homem com várias facadas na cabeça, no peito e nas costas.
O homem foi posteriormente levado para o hospital mas não sobreviveu aos ferimentos.
Os resultados da autópsia revelaram que a faca da cozinha entrou 185 vezes no corpo do homem, sendo que quatro das quase 200 facadas foram mais profundas e uma delas teria sido fatal.
A irmã de Paola afirmou à imprensa local que Alberto obrigada a sua irmã a se prostituir, não a deixava dormir e a ameaçava de morte.
Segundo informações dos vizinhos, a mulher já havia apresentado queixas de violência doméstica contra o marido, mas que teriam sido ignoradas pelas autoridade.
A publicação, que foi bastante compartilhada nas redes sociais, pede para que o leitor se questione se a Justiça é correta ou não…
Ainda houve um movimento para a libertação de Paola.
O caso ganhou proporção e no país já se discute que rumo deverá ter a pena de Paola Naiaretti. A opinião pública divide-se: se por um lado há quem defenda que a mulher deve ser condenada por homicídio, por outro, muitos são aqueles que consideram que a pena de prisão de Paola deva ser atenuada por esta ter agido em defesa da filha.
Fica a questão de como é possível punirem severamente esta senhora quando muitos casos de abuso infantil ficam impunes.
Infelizmente vivemos num mundo em que a justiça raramente é feita a não ser por nossas mãos.
O que faria nesta situação? Deixaria nas mãos de um juiz?
Ou acredita que a justiça virá a todos pela mão de Deus?


Fonte: https://mceara.com/mae-flagra-marido-estuprando-a-filha-e-o-mata-com-185-facadas/#ixzz5q11PSeQa

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Professora manda vídeo se masturbando para seu aluno de 14 anos; Veja

Professora manda vídeo se masturbando para seu aluno de 14 anos; Veja
Em um polêmico vídeo viralizado em Santa Fé, no México, professora de Geografia no Colégio da Imaculada Conceição, ela enviou imagens dela deitada na cama se masturbando para um aluno de 14 anos.
A professora foi desconectado da instituição. A investigação se concentrou em verificar se a mulher de 34 anos mantinha algum tipo de vínculo com o adolescente desde novembro de 2018, quando compartilhavam um acampamento escolar, onde teriam começado a ter relações sexuais.
As primeiras investigações policiais se concentraram em entender como o vídeo se tornou viral. A professora teve um relacionamento com outra professor da escola, por isso especulou-se que o vídeo havia sido filmado para ele, algo que foi negado nas últimas horas.
As autoridades escolares decidiram entrar em contato imediatamente com os pais do aluno para informá-los do que aconteceu quando o vídeo chegou às mãos deles. Embora muito não seja dito, fontes judiciais indicaram a possibilidade de haver outro vídeo que também foi viralizado.
“Os professores trabalharam aqui há menos de um ano atrás. Ela pediu licença e o Ministério vai nos dizer o que devemos fazer. O trabalho pedagógico foi feito com os meninos não para acentuar o que aconteceu, porque eles são menores de idade. Ela continuará a trabalhar com eles de outro lado “, disse o padre Fernando Cervera, a mais alta autoridade da instituição.
“O único fato que temos está circulando um vídeo dela. O resto está em segredo com o ministério, para que eles nos dizer como a agir e o que temos de fazer em público. Ele é tudo em mãos deles “, disse o pai.
A Infobae entrou em contato com o Ministério da Educação de Santa Fé. De lá, eles confirmaram que vão apresentar uma queixa à MPA para que ela possa ser investigada minuciosamente. “Uma investigação administrativa foi aberta pelo Ministério da Educação e a equipe jurídica está preparando uma apresentação perante a Justiça”, disseram eles , do ministério provincial.
Demonstrações Cervera foram fornecidos para LT10 Radio Santa Fe. ” Isto vem através de redes sociais. Ele se espalha por. Por ter que pedir explicações e ensinamentos já passaram. Estamos agora descobrindo que o relacionamento foi com a criança. É um pergunta privada, o link é um professor com o aluno ” , acrescentou a autoridade da escola


Fonte: https://mceara.com/professora-manda-video-se-masturbando-para-seu-aluno-de-14-anos-veja/#ixzz5ksmMPg6o

sexta-feira, 22 de março de 2019

(Vídeo) Garota entra no motel com o namorado e acaba removendo as vísceras dele por ciúme

(Vídeo) Garota entra no motel com o namorado e acaba removendo as vísceras dele por ciúme
A tragédia ocorreu na manhã de 10 de março, por volta das 9h da manhã, quando uma mulher em estado de embriaguez esfaqueou seu namorado dentro do Motel La Cascada, localizado em Iguala, no México.
Algumas testemunhas assegurou Agência Guerrero News, que os jovens identificados como Omar ‘N’, um empregado de um bar na área, e sua namorada, Amariani ‘N’, entrou no lugar durante as primeiras horas da manhã a bordo de uma de motocicleta.
Os trabalhadores do motel disseram ter ouvido uma briga entre os dois, mas não deram importância até que, alguns minutos depois, Omar desceu sangrando e segurando o abdome.
A namorada do jovem desceu atrás dele no meio de gritos e reclamações, mesmo com a faca na mão, tentando “acabar com isso”, enquanto Omar morria.
Os funcionários do motel perceberam o que havia acontecido e tentaram ajudá-lo, foi naquele momento que a agressora disse o que havia feito e entrou em pânico com a cena.
Imediatamente depois, os serviços de emergência chegaram ao local e deram os primeiros socorros ao namorado, que teve várias facadas no abdômen e vísceras expostas, sendo transferido para um hospital próximo.
Segundo os últimos relatórios, Omar ‘N’ está em estado grave, enquanto a menina foi presa e levada ao Ministério Público, onde seu status legal será determinado.
Dizem que a garota o esfaqueou porque seu namorado queria deixá-la por causa de sua inveja e birra, mas não há informações confirmadas.

CLIQUE AQUI PARA VER O VÌDEO



Fonte: https://mceara.com/garota-entra-no-motel-com-o-namorado-e-acaba-removendo-as-visceras-dele-por-ciume/#ixzz5itWSC2md
 

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Menino de 9 anos comete suicídio após revelar a colegas de escola que era gay

Menino de 9 anos comete suicídio após revelar a colegas de escola que era gay
Jamel Myles foi encontrado morto na última quinta-feira na casa da família
DENVER — A americana Leia Pierce está tentando transformar o luto pela morte do filho num alerta contra o bullying e a homofobia nas escolas. Jamel Myles, de 9 anos, cometeu suicídio na última quinta-feira. Para a mãe, a atitude desesperada foi resultado de abusos e intimidações de colegas da Escola Fundamental Joe Shoemaker, em Denver, após Jamel se declarar gay.
Em entrevista ao jornal “Denver Post”, Leia contou que James contou a ela que era gay durante as férias de verão
Ele parecia tão assustado quando me contou. Ele disse: “mamãe, eu sou gay”. Eu pensei que ele estava brincando, então olhei para trás, porque estava dirigindo, e ele estava tão assustado. E eu disse: “e eu continuo amando você” — contou Leia, acrescentando que o filho queria muito contar para seus colegas da escola. — Ele foi para a escola e disse que iria contar para as pessoas que era gay porque estava muito orgulhoso.

As aulas começaram na segunda-feira, quatro dias depois Jamel foi encontrado morto na casa onde vivia.

— Quatro dias foi tudo o que durou na escola. Eu nem consigo imaginar o que disseram para ele — lamentou Leia. — Meu filho contou para a minha filha mais velha que as crianças da escola disseram a ele para se matar. É tão triste que ele não tenha me procurado.

O Distrito Escolar do Condado de Denver instalou uma comissão de conselheiros para os estudantes da escola de Jamel. Cartas foram enviadas aos pais na sexta-feira, lamentando a morte de Jamel, “uma perda inesperada para a nossa comunidade escolar”, e aconselhando as famílias a ficarem atentas a sinais de estresse nas crianças.

“Nosso objetivo é ajudar vocês a contarem a notícia aos seus filhos da forma mais apropriada possível, com todo o apoio necessário. Então, sintam-se a vontade para nos procurar para saberem como lidar com a situação”, dizia a carta.

Em entrevista à BBC, Will Jones, porta-voz do distrito, afirmou que os professores da Joe Shoemaker “estão criando um espaço para os estudantes compartilharem como estão se sentindo e processarem suas emoções”. Professores da quarta e da quinta série se reunião com as famílias individualmente:

— Nossa prioridade é cobrir todas as questões envolvidas neste caso, para manter todos os estudantes seguros e revisar de forma justa e completa os fatos envolvidos nesta trágica perda.

Apesar da dor, Leia tenta alertar as famílias sobre as consequências do bullying e cobra responsabilização dos pais.

— Nós devemos ter responsabilidade pelo bullying. As crianças sabem que é errado. As crianças não gostariam de ser tratadas dessa forma — afirmou Leia. Eu acho que os pais devem ser punidos porque, obviamente, eles estão ensinando as crianças a agirem assim ou estão as tratando dessa forma.

Acesse o Centro de Valorização da Vida (CVV) para buscar apoio emocional em www.cvv.org.br.

Fonte: Extra

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

VÍDEO: Casal é flagrado fazendo sexo oral em banco e vídeo viraliza na web. VEJA.

Foto: Reprodução
A mulher fazia sexo oral no homem na frente de uma janela quando um transeunte percebeu a cena e resolveu filmá-la
Um casal foi flagrado em momento íntimo dentro de um banco na cidade de Samara, no sudoeste da Rússia, e o vídeo acabou viralizando nas redes.

De acordo com o portal britânico Mirror , os dois estavam na borda de uma das janelas do local fora do horário de funcionamento, quando um transeunte percebeu que a mulher fazia sexo oral no parceiro.

A testemunha ficou chocada com o lugar escolhido por eles, já que poderiam ser vistos por qualquer pessoa que passasse na frente da janela do banco Sberbank, e decidiu filmar a cena de sexo oral . O vídeo foi publicado nas redes sociais e viralizou, sendo que algumas pessoas até mesmo criaram 'teorias' sobre a situação.

 Veja também

Certos internautas especularam que os dois estavam sob o efeito de álcool, porque uma garrafa de cerveja pode ser vista ao lado deles e, além disso, o casal não parecia preocupado por estar exposto ao público durante um momento tão íntimo.

Os nomes do homem e da mulher que aparecem no vídeo não foram divulgados.



Outro caso de sexo oral em público na Rússia

As câmeras de segurança flagraram o casal fazendo sexo enquanto

o juiz decidia o seu veredito final (Foto: Reprodução/Mirror)
 

Por mais que a situação pareça extremamente incomum – e até mesmo única – essa não foi a primeira vez que uma dupla foi flagrada durante ato sexual em público na Rússia . Neste outro caso, uma mulher foi fotografada pelas câmeras de segurança de um tribunal fazendo sexo com o réu de um caso que estava sendo julgado no momento do ato libidinoso.

De acordo com o portal britânico Mirror , esse caso aconteceu na cidade de Rostov-on-Don, a partir do momento em que o juiz se retirou da sala para considerar seu veredito.

Três testemunhas do caso em questão estavam presentes quando ela começou a fazer sexo no homem, e o ato continuou por alguns minutos até que um dos guardas do tribunal foi chamado para conter a atitude dos dois.



 Não há informações se o homem em questão foi condenado pelo crime que cometeu e, inicialmente, era o motivo para a audiência. O sexo oral dentro do tribunal, porém, também configuram um crime, e por mais que não se saiba se eles foram acusados, podem ter que pagar mais de R$ 4,5 mil de multa ou ficar até quatro meses na cadeia.

iG  


Portal do Zacarias

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

CHOCANTE! Soldado coloca fogo em si em protesto por demissão do exército. VEJA VÍDEO

CHOCANTE! Soldado coloca fogo em si em protesto por demissão do exército. VEJA VÍDEO
Foto: Reprodução

Ao perceber que Ulianov coloca fogo em seu corpo, outros homens conseguem abafar as chamas Reprodução Ao perceber que Ulianov coloca fogo em seu corpo, outros homens conseguem abafar as chamas
Em um vídeo, um ex-soldado ucraniano coloca fogo em seu próprio corpo depois de ter sido demitido do exército. As imagens chocantes foram transmitidas pela televisão ucraniana e mostraram Serhii Ulianov despejando um líquido que parece gasolina antes de incendiar o uniforme do exército.

Quando ele coloca fogo em si, chamas começam a cobrir o corpo de Ulianov dos pés à cabeça em questão de segundos. O ato foi qualificado como um protesto, e aconteceu do lado de fora da sede do Ministério da Defesa ucraniano em Kiev, capital do país.

O ato é rápido, mas é possível perceber que pessoas que testemunharam o protesto tentaram impedir que o soldado colocasse fogo em si, mas outras pessoas não deixaram que elas chegassem perto.

Ao ficar em chamas, um outro membro de exército da Ucrânia consegue puxar Ulianov para o chão para apagar o fogo. Bombeiros e outros oficiais pularam para cobrir o ex-soldado, e depois usam um extintor de incêndio para conter as chamas de uma vez.

De acordo com relatos de testemunhas, os militares foram informados dos planos de Ulianov e conseguiram impedi-lo de sua tentativa. Mesmo assim, o soldado consegue se libertar e incendiar o próprio corpo em segundos.

 
Foto: Reprodução

As imagens mostram ele segurando uma garrafa de água cheia de líquido claro - que acredita-se ser a gasolina que ele usou.

Em poucos segundos as chamas se apagaram e o homem agora está sendo tratado em um hospital. A equipe médica informou que o soldado não chegou a sofrer queimaduras graves.

A mídia local informou que Ulianov estava protestando em nome de um grupo de soldados que foram supostamente dispensados ??injustamente em 2016.
Ulianov afirmou em um post no Facebook na última segunda-feira (23) que os direitos dos policiais foram violados porque eles não puderam se aposentar legalmente por não terem recebido a devida autorização.

O grupo havia se inscrito em um batalhão voluntário que lutou com terroristas pró-russos no leste da Ucrânia.

Veja o momento em que o soldado incendeia o próprio corpo




IG

domingo, 24 de junho de 2018

NOVO VÍDEO! 🔴 MAIS UM VÍRUS DO MOSQUITO + 👿 CHIP DA BESTA

A Elite satânica-globalista não sossega quando o assunto é eugenia, matança de inocentes e lucros... 

Também abordo sobre o condicionamento do povo para aceitar o chip implantável.