Notícias de toda natureza!

Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens

TRISTEZA! Adolescente morre eletrocutado em celular carregando

Família informou ao G1 que não sabe se o garoto estava colocando o celular para carregar ou se o aparelho já estava ligado à tomada.
Adolescente morre eletrocutado ao ligar carregador de celular na tomada em Teresina. (Foto: Arquivo Pessoal/João Lucas)
Adolescente morre eletrocutado ao ligar carregador de celular na tomada em Teresina. (Foto: Arquivo Pessoal/João Lucas)

m adolescente de 15 anos, identificado como João Lucas Campelo de Sousa Peres, morreu eletrocutado ao manusear um celular que estava carregando, na tarde dessa terça-feira (10), no bairro Dirceu Arcoverde, na Zona Sudeste de Teresina. Em fevereiro deste ano, a jovem Luíza Fernanda Gama Pinheiro, de Riacho Frio, no Sul do Piauí, morreu de forma semelhante.
Velório de João Lucas foi marcado por muita emoção de amigos e familiares. (Foto: Lucas Barbosa/G1)
Velório de João Lucas foi marcado por muita emoção de amigos e familiares. (Foto: Lucas Barbosa/G1)

Ainda não há detalhes sobre como tudo aconteceu, mas segundo a tia de João Lucas, Rosângela Barbosa, o garoto havia acabado de tomar banho quando foi mexer no celular. Não se sabe se ele estava colocando o celular para carregar ou se o aparelho já estava ligado à tomada. O adolescente ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu e morreu.
Tia disse que o garoto estava molhado quando tocou no celular. (Foto: Lucas Barbosa/G1)
Tia disse que o garoto estava molhado quando tocou no celular. (Foto: Lucas Barbosa/G1)

"A mãe dele tinha saído para fazer um pagamento e deixou ele sozinho em casa, ninguém sabe exatamente o que aconteceu, cada um diz uma coisa. Mas ele tinha entrado no banheiro e quando saiu, foi direto ao quarto, onde aconteceu o acidente. Ele estava molhado quando mexeu no celular e acho que já estava carregando, mas não sabemos", afirmou.
A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que o adolescente já chegou no Hospital do Dirceu II, levado pela mãe, inconsciente. "A equipe médica fez reanimação cardíaca, mas ele já estava morto. O corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO)", informou a Fundação.

João Lucas era estudante da Fundação Bradesco e a instituição informou que irá prestar apoio à família. O garoto cursava o 1º ano do ensino médio.

O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e o velório acontece no bairro Tancredo Neves, Zona Sudeste.

Celular carregando pode conduzir descarga elétrica; veja cuidados
O técnico Wissam Atie, especializado em assistência técnica de iPhone, diz que casos de choque elétrico ao usar o celular são fatalidades e que poderiam acontecer durante o uso de outros equipamentos ligados à tomada. “Esses casos podem acontecer porque as pessoas usam cabos desgastados e desencapados. Poderia acontecer com qualquer outro aparelho mal conservado, até um liquidificador”.

Wissam diz que a probabilidade dessas descargas elétricas estarem relacionadas ao carregamento dos aparelhos e não à tempestade é remota, mas diz que as pessoas devem ficar atentas ao estado de conservação das baterias, para evitar explosões. “Se ela estiver inchada, com dano aparente ou exposta, o ideal é trocar”. G1 PI

Vídeo: Durante culto, fiéis da Assembleia de Deus confrontam pastor; “Cadê o dinheiro que tava aqui?”

Pastor Robson Brito - Assembleia de Deus, Maringá - PR
A crise na Assembleia de Deus em Maringá, no Paraná, continua provocando os fiéis a tomarem atitudes a respeito da liderança, sobretudo, com respeito à presidência do pastor Robson Brito, que vem sendo acusado de levar a IEADCEMAR (Igreja Assembléia de Deus em Maringá), à falência.

Segundo denúncia feita ao Ministério Público do Paraná, sob a liderança de Robson Brito, a igreja contraiu uma dívida estimada em cerca de R$12 milhões de reais, o que tem provocado a venda de parte do seu patrimônio.

Segundo informações, prédios de congregações estão sendo leiloados, uma forma desesperada de levantar fundos para quitar as dívidas.

O pastor Robson Brito, foi convocado a comparecer na 6° Promotoria no último dia 5 de Julho, onde seria ouvido pelo promotor Maurício Kalache, e por representantes da CIEADEP – Convenção das Assembleia de Deus no Estado do Paraná.

A imprensa local noticiou que o pastor compareceu conforme convocado, mas ao ser confrontado pelo promotor à permitir que a promotoria tivesse acesso as contas da igreja, para instaurar uma auditoria, ele se recusou e saiu da sala, em uma atitude desrespeitosa contra a autoridade judicial.

Desde esse episódio, fiéis estão se manifestando nos cultos em protesto contra toda essa situação que o campo vem enfrentando.

+ Entenda como Valdemiro Santiago vai pagar R$40 milhões em um prédio de luxo

No vídeo abaixo, durante um culto na Assembleia de Deus no bairro Tuiuti, os membros pediram respostas e o que seria um culto, acabou se tornando uma reunião.

Assista:

Presidente da Assembleia de Deus leva o nepotismo a outro nível e revolta fiéis
A igreja evangélica Assembleia de Deus em Codó, no interior do Maranhão, está vivendo um momento de extremo inconformismo com seu presidente, o pastor José Gomes de Oliveira.

A situação da igreja naquele município, segue basicamente o mesmo roteiro do que ocorre em várias cidades espalhadas pelo país, o problema é basicamente o mesmo; O pastor insiste em manter sua família no poder.

No entanto, o pastor José Gomes parece ter encontrado uma forma de levar o nepotismo para um outro nível.

Tendo como vice-presidente o seu genro, pastor Lázaro Amorim, José Gomes optou por promovê-lo, e dividiu o campo de Codó. Ele desmembrou a igreja que fica no maior bairro da cidade, Trizidela, e empossou seu genro como presidente daquele “campo”.

A partir de agora, seu genro sai do cargo de vice-presidente, e passa a ser presidente da Assembleia de Deus, na mesma cidade que o sogro, fruto desse desmembramento.

+ Guerra entre convenções da Assembleia de Deus no MA, revela disputa por território

A iniciativa do pastor José Gomes foi justificada com uma suposta profecia que ele havia recebido, de que seu genro iria assumir um grande campo. Para não esperar que a sucessão acontecesse normalmente, ele preferiu promover o genro a presidente sem que ele [José Gomes] tivesse de sair do cargo.

Pastor José Gomes e Pastor Lázaro Ramos, no culto de posse.
Pastor José Gomes e Pastor Lázaro Amorim, no culto de posse.

A informação é que, membros e obreiros não aprovaram o desmembramento da igreja, e especialmente, descordaram do fato do genro do pastor assumir como presidente.

O bairro Trizidela tem cerca de quatro congregações, e agora será administrado pelo pastor Lázaro Amorim.

+ Samuel Mariano é “Barrado” de cantar nas igrejas do Maranhão

Vale lembrar também, que, com a promoção, Lázaro Amorim passará a receber salário de presidente de campo, que pode chegar a cerca de R$16 mil reais naquela região.

Pastor Lázaro Amorim e a esposa, Ozana Oliveira, filha do pastor José Gomes
Pastor Lázaro Amorim e a esposa, Ozana Oliveira, filha do pastor José Gomes

O tesoureiro geral da Assembleia de Deus em Codó, Adoniran Oliveira, neto do pastor José Gomes, já foi orientado a desconsiderar a receita das igrejas do bairro Trizidela, todo o valor arrecadado será administrado por lá mesmo, já que, se trata de um campo independente.

Na internet, membros da Assembleia de Deus da cidade recorrem ao pastor Pedro Aldi Damasceno, presidente da CEADEMA (Convenção Estadual da Assembleia de Deus do Maranhão), para que ele perceba o problema que está acontecendo em Codó.
Print do facebook
Nossa reportagem entrou em contato com a assessoria da Assembleia de Deus em Codó-MA, mas até o fechamento dessa matéria, não obtivemos resposta sobre as denuncias de nepotismo, e de que a igreja havia sido desmembrada para favorecer o genro do pastor presidente.

Tristeza! Professora morre após ser ‘atropelada’ por cavalo durante festa de vaqueiros

Uma professora da rede municipal de ensino de Juazeiro, cidade no norte da Bahia, morreu após ser “atropelada” por um cavalo, na noite de domingo (8), durante a Festa dos Vaqueiros, no município de Curaçá, segundo informações da Polícia Civil.
De acordo com a polícia, Kelly Cristina Souza Gomes caiu e bateu a cabeça no chão, após o impacto com o animal. Segundo o G1, a professora foi levada para o Hospital Municipal Antônio Carlos Magalhães e morreu a caminho do Hospital de Urgências e Traumas, em Petrolina (PE), para onde seria transferida.
Kelly Cristina foi enterrada nesta segunda-feira (9), no Centro de Velórios, em Juazeiro.

A festa

Vaqueiros participam de cavalgada em Curaçá (Foto: Silvonei Viana)
Homens montados em cavalos e vestidos com trajes de couro saíram em cavalgada pelas ruas de Curaçá, no domingo, durante a tradicional Missa dos Vaqueiros. A festa é realizada há 65 anos.

A missa reúne a cada ano aproximadamente 5 mil pessoas. No ano passado, a Assembleia Legislativa da Bahia aprovou um projeto de lei que tornou a Festa do Vaqueiro, Patrimônio Cultural Imaterial da Bahia.

O roteiro da cavalgada terminou na Praça do Teatro Raul Coelho, local em que a Missa dos Vaqueiros foi realizada. A missa foi celebrada por Dom Beto, Bispo de Juazeiro. No ofertório foram oferecidos o leite, o queijo e a carne de bode, alimentos que dão energia para os vaqueiros enfrentarem o trabalho na caatinga. Itambé Agora

ABSURDO! Por falta de caixão, bebê é enterrado dentro de armário

Reprodução/TV Jangadeiro
Um caso chocou a população de Uruburetama, no interior do Ceará. Um bebê de apenas 4 meses foi enterrado dentro de um armário de cozinha, sem nenhum tipo de assistência funerária da prefeitura da cidade, como os próprios moradores denunciam.

A imagem da criança morta dentro do caixão improvisado (foto de capa), divulgada nas redes sociais, aumentou ainda mais a indignação dos moradores do município.

A reportagem do Vem Que Tem tentou contato com a Prefeitura, já que em 3 de maio deste ano, segundo o Tribunal de Contas do Estado, a Prefeitura havia feito licitação de 220 caixões, no valor de R$ 118.499,60. Desse total, 80 caixões eram infantis.

A secretária de Saúde do Município, Nilzete Zeidan, informou que o município fez a solicitação de caixão para o bebê, mas houve atraso por parte da funerária vencedora o processo licitatório.

Uma nota enviada pela funerária afirma que houve falha mecânica no carro que se deslocava da empresa para a residência onde se encontrava o falecido. “Devido à falta de sinal telefônico, o contato entre empresa, motorista e prefeitura ficou impossibilitado, o que causou atraso no procedimento”.

Já a Prefeitura de Uruburetama, também por meio de nota, informou que a administração pública não tolera o equívoco e a deficiência da prestação de serviço no apoio à família e disse que todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas. Itambé Agora

Assista à reportagem:

TRAGÉDIA! Jovem mata namorada e depois se joga do 16ª andar de prédio

[Jovem mata namorada e depois se joga do 16ª andar de prédio]
Uma jovem de 27 anos foi morta pelo namorado na madrugada deste domingo (8), na cidade de Campinas, em São Paulo. De acordo com o site G1, a Polícia Civil informou que Rafael Morais Garcia matou Marília Camargo Carvalho por asfixia e horas depois cometeu suicídio ao se jogar do 16º andar do prédio de um condomínio, no Jardim Aurélia.

Ainda de acordo com a polícia, foram recolhidos para análise computadores, celulares, documentos e as imagens do circuito-interno do prédio, que mostram o rapaz circulando pelo elevador e corredores durante a madrugada. Os dois corpos foram retirados do local.
O rapaz era de Minas Gerais e a jovem do Paraná. Marília tinha concluído o curso de medicina na última sexta-feira (6). Bocão News

CRUELDADE! Mãe joga filha recém-nascida do 6º andar em lixeira e avisa o pai por WhatsApp: ‘Se livra disso’

mãe da menina recém-nascida encontrada morta após ser jogada em uma lixeira do 6º andar, em Santos, no litoral de São Paulo, trocou mensagens de texto momentos com o pai do bebê antes do crime. Segundo a polícia, ela teria demonstrado insatisfação com a filha e dito não querer 'mais uma boca para comer'. Ela segue presa preventivamente pelo crime de homicídio qualificado.
Catador de latinhas encontrou o bebê dentro da lixeira, em Santos, SP (Foto: Marcela Pierotti/G1)
O crime aconteceu na manhã de quinta-feira (28). O corpo foi localizado por um catador de latinhas que revirava o lixo, no bairro Gonzaga. Segundo a Polícia Civil, conversas mantidas pelo aplicativo de mensagens WhatsApp dão conta de que, antes do crime, a mãe da criança deu a entender que não a queria por motivos financeiros.

"Havia uma conversa na qual ela dizia que eles ‘não tinham condições de criar mais uma boca’. Ele chegou a sugerir que ela fosse embora para Ribeirão Preto. Depois, diz 'você matou minha filha', seguido de 'se livra disso'", afirmou o delegado responsável pelo caso, Renato Mazagão Júnior.
As equipes do Setor de Homicídios da Delegacia Antissequestro (Deas) de Santos, a princípio, não trabalham com a hipótese do pai ter participado do crime. Ele teria apenas auxiliado na fuga da ex-companheira, pedindo um veículo por aplicativo para transportá-la, junto com a filha de três anos, para Praia Grande, no litoral paulista, onde também tem um imóvel.
O rapaz foi localizado após um recibo de compra ter sido achado dentro do saco onde a criança estava. O papel acusava a compra de fraldas descartáveis em uma farmácia próxima. Lá, câmeras de monitoramento auxiliaram na identificação. No mesmo dia, ele foi achado nas redondezas do prédio onde vivia com a ex-mulher e a outra filha.

"No momento da abordagem, inicialmente, ele negou saber de algo. Depois de conversas e alguma insistência, afirmou que a ex estava com a filha em outro apartamento da família. Chegando lá, o porteiro do prédio chegou a dizer que não havia ninguém no local", explica Mazagão.

A mãe foi presa preventivamente pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Já o pai chegou a ser preso, mas já foi liberado, decisão que foi acompanhada pelo Ministério Público. Ele foi indiciado por favorecimento pessoal.
Asfixia mecânica
Laudos do Instituto Médico Legal (IML) confirmaram que a causa da morte da recém-nascida foi traumatismo craniano, ocorrido após ela ter sido jogada pelo fosso de lixo do prédio em que o casal mora, até cair em um contêiner. Antes, porém, foi vítima de asfixia mecânica.
Lixeira fica na escadaria; porta dá acesso ao fosso por onde foi jogada criança (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
"Havia perfurações no pescoço da criança e, no imóvel, foi achada uma lixa metálica, pontiaguda. O bebê também tinha um elástico de cabelo no pescoço", disse o delegado. A primeira versão da mãe era de que a filha nasceu morta, mas o laudo esclarece que a asfixia aconteceu ainda em vida.

Ainda segundo a polícia, o crime teria ocorrido em um dos banheiros do apartamento onde o casal morava há cerca de três anos, depois de virem do interior do estado. Por enquanto, não há como comprovar quem, de fato, estava no imóvel no momento da ação, o que será definido por meio de investigações.
O crime
O corpo da recém-nascida foi achado por um catador de latinhas no fim da manhã de quinta-feira, em frente a um prédio de classe média na Rua Bahia, no bairro Gonzaga, um dos mais tradicionais da cidade.
Cupom fiscal estava no saco onde foi achada a criança, e ajudou a localizar o pai (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Segundo Valdemir Oliveira, que localizou o corpo, o choque diante da descoberta foi grande, já que ele notou a cabeça do bebê enquanto vasculhava o lixo em busca do que recolher. "Eu sempre faço esse trabalho. Dessa vez, enquanto estava mexendo no local, dei de cara com o bebê. Na hora procurei ajuda e decidi chamar a polícia", explica.

No mesmo instante, Oliveira acionou equipes da Polícia Militar, que isolaram o local até a chegada da perícia. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal, onde passou pelo procedimento de necrópsia, o que determinou a causa da morte. G1

FIM DOS TEMPOS!? Menina de 12 anos é suspeita de ter matado a mãe. irmã caçula estava na casa no momento do crime

Adolescente é suspeita de ter praticado o crime com a ajuda do namorado, de 16 anos. Vítima foi morta com um martelo, e o corpo foi enterrado no pátio da residência.
ma menina de seis anos, irmã da adolescente de 12 que é suspeita de matar a mãe com a ajuda do namorado, estava na casa no momento do crime, segundo o delegado Luis Eduardo Sandim Benites. A morte ocorreu na quinta-feira (28), em Pinheiro Machado, na Região da Campanha do Rio Grande do Sul.

Segundo informações da Polícia Civil, o corpo da mulher foi enterrado no pátio da residência. A vítima tinha 37 anos e era empregada doméstica. O casal confessou o crime.

"A família não aceitava o relacionamento, me parece, principalmente, que a mãe fazia restrições. Com isso, a jovem e o rapaz acabaram praticando a execução da genitora dessa menina", explica o delegado.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Bagé. A criança de seis anos ainda não foi ouvida e deve ter um depoimento especial. O pai das meninas é trabalhador rural e não estava em casa no momento em que a mulher foi morta.

A família da adolescente já havia registrado ocorrência contra o jovem de 16 anos por estupro de vulnerável. Pela lei, menores de 14 anos não podem manter relações sexuais, nem com autorização.

"O rapaz tem 16 anos, a menina tem 12 e a lei veda, porque nós temos a questão de estupro de vulnerável. A relação sexual de menores de 14 anos, mesmo com consentimento, não é válida e constitui crime", explica Benites.

A vítima foi morta com um martelo, que foi enterrado junto com o corpo. Pela forma como ocorreu a morte, o delegado acredita que o crime pode ter sido premeditado.

"Por todos os elementos que foram verificados no local, há uma tendência de que houve um planejamento", afirma.

O crime foi descoberto porque na sexta-feira (29) o jovem contou para um familiar sobre o assassinato, que chamou a Brigada Militar e acionou o Conselho Turtelar.

Os dois jovens serão encaminhados ao Ministério Público, que deve pedir a intervenção deles. O menino deve ser levado para Pelotas, e a menina, para Porto Alegre. Eles devem responder por homicídio e ocultação de cadáver.

"A princípio, ela (suspeita) não demonstrava emoção em relação ao fato, talvez pela própria situação, uma anestesia moral ou até por estado de choque, mas isso nós não temos condições de avaliar", afirma o delegado. G1

Sem UTI na cidade, bebê é atendida em leito improvisado com caixa de papelão

Criança chegou à unidade com dificuldade para respirar e equipe de enfermagem improvisou tenda de oxigenação até conseguir vaga em UTI pediátrica.
Sem vaga de UTI pediátrica, equipe de enfermagem improvisou tenda com caixa de papelão em Santa Bárbara d'Oeste (Foto: Ariany Duarte/Arquivo pessoal)
ma bebê 2 meses foi atendida de forma improvisada em uma caixa de papelão em um pronto-socorro de Santa Bárbara d'Oeste (SP), cidade de 180 mil habitantes que não possui na rede pública leitos de Unidade de Terapia Intensiva para crianças. A imagem da recém-nascida dentro do caixote gerou indignação nas redes sociais, mas, segundo a Secretaria de Saúde, na falta da UTI, a manobra da equipe de médicos e enfermeiros foi o que salvou a vida da criança.

De acordo com a família, a criança chegou ao pronto-socorro com dificuldades para respirar, e os enfermeiros e médicos improvisaram a estrutura para reproduzir o funcionamento de um equipamento de oxigenação. Após o atendimento, a bebê foi encaminhada para a UTI da cidade vizinha Sumaré (SP), onde permanece internada. Veja a reportagem completa aqui: https://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/sem-uti-na-cidade-bebe-e-atendida-em-leito-improvisado-em-caixa-de-papelao-em-santa-barbara-doeste.ghtml?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1

Prefeituras forradas! Último FPM de junho será transferido aos cofres municipais hoje sexta-feira, 29

Os 5.568 Municípios brasileiros receberão o último repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês na sexta-feira, 29 de junho. Pouco mais de R$ 2 bilhões devem ser partilhados entre as prefeituras, considerando a retenção constitucional do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Ao somar esse porcentual ao montante, o terceiro decêndio do Fundo somará R$ 2,5 bilhões, em valores brutos.

A estimativa dos valores é da Confederação Nacional de Municípios (CNM), com base nos números divulgados pelos Secretária do Tesouro Nacional (STN). Pelos cálculos da equipe de Estudos Técnicos da Confederação, um Município com coeficiente 0.6 - de Roraima -, por exemplo, deve receber pouco mais de R$ 92 mil, em valor bruto. Do mesmo Estado, uma Prefeitura com coeficiente 0.8 ou 1.0 deve receber R$ 114 e 143 mil, respectivamente, também em valor bruto.

De acordo com o LEVANTAMENTO da entidade, em comparação com mesmo repasse feito em 2017, o Fundo apresentou crescimento de 10,53%, em termos nominais, sem considerar os efeitos da inflação. Já o acumulado do mês registrou crescimento de 11,12%, uma vez que em junho do ano passado foram repassados R$ 7,7 bilhões e este ano o valor soma R$ 8,5 bilhões. Mas, quando considera a inflação, o levantamento mostra crescimento menos expressivo, de 7,21% no terceiro repasse e de 7,79% na soma total transferida no sexto mês do ano.

Resultado
Apesar de o segundo decêndio do FPM ter sido menor que o valor repassado ano anterior, o acumulado do mês e do ano tem demostrado resultado positivo. Do início do ano até agora, o fundo apresentou aumento de 9,13%, em termos nominais e em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo quando se considera o impacto inflacionário, o acumulado do FPM em 2018 registra crescimento de 6,09% em relação ao mesmo período do ano anterior. Ainda que o resultado seja favorável, a CNM alerta que a tendência do Fundo é reduzir no início do segundo semestre.

Veja os números por Estado aqui

Absurdo! Mulher foi morta a tiros após se negar a mostrar celular para ex-marido

Edson Aparecido Oliveira Rosa, de 35 anos, teria atirado contra a cabeça de sua ex-mulher Yara Macedo dos Santos, de 30 anos, após ela se recusar a lhe mostrar o celular. O casal estava separado há um mês, e Edson não aceitava o fim do relacionamento.

Segundo a investigação feita pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da polícia da cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, Edson chegava a ficar dias sem trabalhar atrás de Yara.

Yara foi agredida com socos na última segunda-feira (25) e morta com um tiro na cabeça após se negar a mostrar para o ex-marido o celular, segundo o que relatou o filho de 14 anos da vítima em depoimento na delegacia.
De acordo com informações do site Dourados News, após o assassinato Edson pediu ajuda da família para fugir, sendo que três pessoas acabaram presas por favorecimento ao rapaz. Um dos presos pagou fiança e foi liberado.

Edson foi preso em Sidrolândia nesta terça-feira (26), no momento em que iria embarcar de em um ônibus para Campo Grande. Ele tem várias passagens pela polícia, inclusive por violência doméstica e por ameaçar a ex-mulher, que tinha uma medida protetiva contra ele.(Mídia Max)

Pastor é preso pela segunda vez por estuprar crianças

Pastor é preso pela segunda vez por estuprar crianças (Foto: Polícia Civil/Divulgação)Moisés Soares de Souza, de 55 anos, conhecido como pastor Moisés, foi preso na última quarta-feira (21) por policiais da Delegacia Especializado no Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA) de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, acusado de estuprar uma criança de nove anos. Segundo a Polícia Civil, é a segunda vez que ele é preso por abusar sexualmente de um menor.
As investigações apontaram que Moisés, aproveitando-se do fato de ser vizinho da vítima e da confiança pela sua posição de líder religioso, teria cometido o abuso sexual contra a menor. 
A vítima foi ouvida e encaminhada aos exames necessários à apuração do crime. Com base nas provas, a delegada representou junto à Justiça pela custódia preventiva de Moisés.  
Segundo a delegada Joseângela Santos, diretora da Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA), de Ananindeua, Moisés já respondeu outro inquérito policial, no ano de 2013, também pelo crime de estupro de vulnerável, contra uma menor. 
A policial civil ressalta que o atendimento na DATA de Ananindeua, onde está sediada a DEACA, está atendendo casos de violência sexual contra crianças e adolescentes, nos municípios de Ananindeua e Marituba, na Região Metropolitana de Belém.
Casos recorrentes
Em apenas três dias, três homens foram presos por estupro. Mauricio Ramos dos Santos, 58 anos, foi preso no bairro do Parque Verde, em Belém. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma menina de três anos de idade. Já Elinelson Ramos Oliveira, de 24 anos, foi preso em flagrante, acusado de estuprar uma menina de seis anos em Melgaço, Ilha do Marajó.
Denuncie!
Denúncias podem ser feitas de forma anônima pelo Disque 100 e 181 (sistema de segurança do Pará).
(DOL)

Homem é flagrado nu sobre menina de 7 anos

Messias Benitez, 36, morador na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados, foi flagrado nu sobre uma menina de sete anos, neta de sua esposa. O caso ocorreu na tarde de terça-feira (19/6) na casa em que ele mora. 
De acordo com a polícia, a mãe da vítima chegou na residência dela, na mesma região do ocorrido e não encontrou a filha.
Em seguida se deslocou até a casa de Messias e o flagrou. Na cama, ele havia se despido e tirado a roupa da menor. 
Encaminhado à delegacia, o rapaz confessou o fato e alegou ter passado a mão sobre o corpo dela. Para atrair a menina até o local, ele prometeu mostrar um livro de histórias infantis.
Ainda conforme a polícia, o indígena alegou saber que o ato ‘é errado’, porém, ‘gosta de fazer’, levando a apuração se houve outras ações do tipo contra a criança. 
Após prestar depoimento, o homem acabou autuado em flagrante pelo estupro de vulnerável. 

Após polêmica, Igreja “Mocotó com Jiló Maná do Céu”, em Ilhéus muda de nome

Circula pelas redes sociais o vídeo de evangélicos indignados com o nome de uma igreja evangélica em Ilhéus (BA), que se chamava “Igreja Mocotó com Jiló Maná do Céu”.
O autor de um dos vídeos, dizia que o nome traz vergonha para o nome do Senhor, pois mocotó com jiló não tem nenhuma ligação com a Palavra de Deus, tão pouco com o Maná que era o alimento dado por Deus ao povo do deserto.
O presbítero Rodrigo Ferreira, do canal “A Verdade Sobre Tudo do Youtube” foi um dos que questionou o nome da igreja. Contudo, ele se indignou pela falta de conhecimento bíblico para a escolha do nome.
Foi Rodrigo também quem comunicou a mudança do nome da igreja que agora é apenas ‘Maná do Céu’. A mudança aconteceu no começo de junho, após os vídeos de críticas ao antigo nome circularem pelas redes sociais. (Itapetinga Repórter)
Via Itambéagora

Pastor é preso por pedofilia e diz que ‘estava sendo possuído pelo demônio’

Foi preso na última quinta-feira (07) na cidade de Caetité o pastor evangélico Gilmar Silva Porto de 35, de anos, acusado de pedofilia.
A polícia informou, que as vítimas dos abusos são garotos com idades entre 13 e 17 anos de várias cidades do país. Ele usava um perfil nas redes sociais e aplicativos de mensagens para poder trocar fotos e conversar com os meninos.
Há cerca de 40 dias uma investigação estava sendo realizada pelo Serviço de Inteligência das Polícias Civil e Militar, após uma denúncia ser feita no Conselho Tutelar, através de um tio de uma das vítimas.

O pastor foi preso em sua residência, na Rua Laudelino Alves, Bairro Pedro Cruz, assim que um mandado de busca e apreensão foi emitido.

Durante a ação os policiais apreenderam um carro Fiat Palio, computadores, pendrives e cartões de memória com fotos e vídeos de meninos nus.
Em seu depoimento, o pastor alega que ao cometer os crimes “ele estava possuído pelo demônio”Gilmar foi indiciado por um artigo do Estatuto da Criança e do Adolescente que trata sobre pornografia envolvendo menores. O crime tem pena prevista e varia de 3 a 6 anos de prisão.
O caso continua sendo investigado e, a polícia acredita que novas vítimas possam aparecer depois que a prisão do suspeito foi divulgada.

Professora é morta com 26 facadas no Piauí e PM diz que marido é o suspeito

Segundo a Polícia Militar, o marido teria confessado o crime a um familiar que morava próximo à residência do casal, onde o crime aconteceu. O homem está foragido.

Professora foi morta com mais de 20 facadas no litoral do Piauí (Foto: Reprodução/Facebook)
Professora foi morta com mais de 20 facadas no litoral do Piauí (Foto: Reprodução/Facebook)

ma professora identificada como Selene Veras Roque, de 28 anos, foi assassinada na noite desse domingo (3) no povoado Brejinho, zona rural do município de Luís Correia, litoral do Piauí. Segundo o capitão Valdeci Galeno, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur), o principal suspeito é o marido da professora identificado como Raimundo Neto Pereira, de 32 anos.
De acordo com a Perícia Criminal, a mulher sofreu 26 perfurações de facão dentro da residência onde morava. O crime teria acontececido na cozinha. A PM informou que o crime aconteceu depois que o suspeito buscou a esposa em uma universidade de Parnaíba, cerca de 70 km distante da residência do casal.
“A informação que recebemos é que eles sempre discutiam, mas nada de muito grave. Após cometer o crime, ele correu na casa de um cunhado ao lado e chegou a confessar o que tinha feito. Mesmo sem repassar detalhes, ficou comprovada a confissão. Em seguida ele fugiu”, contou o capitão.
Ainda segundo a PM, o suspeito pode ter tido ajuda de alguém durante a fuga. O facão utilizado no crime foi apreendido dentro da residência do casal. As perfurações atingiram o pescoço, abdômen, tórax, braços e as costas da professora. Logo na entrada da casa a polícia registrou manchas de sangue pelo chão.
“Havia muito sangue no chão da casa. Pelo que analisamos, o esfaqueamento se iniciou na cozinha e terminou na copa. Havia lesões de defesa, principalmente nos braços”, disse a perita criminal, Marcela Sampaio.
O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal de Parnaíba. O suspeito é considerado foragido.(G1)

Menina de 14 anos morre de overdose após virar a noite cheirando cocaína


Uma adolescente de apenas 14 anos morreu de overdose na manhã deste sábado (2), em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Ela teve diversas crises de convulsão e não conseguiu resistir. Segundo apurado no local pela Polícia Militar (PM), a garota passou a madrugada cheirando cocaína e pela manhã ingeriu bebida alcoólica.
Junto com a garota, havia outro adolescente de 17 anos e também um casal de 19 e 26 anos, dentro da residência na Rua Paulo Milani, no bairro Vila Palmital. Eles confessaram à polícia o uso de entorpecentes e bebida alcoólica.
O tenente Deliésio, do 22º BPM, confirmou que havia mais gente com a garota. “Uma fatalidade, mas infelizmente alguns jovens já são habituados ao consumo de drogas, a fazer pequenos tráficos também. Essa menina muito jovem passou a noite aqui com outros jovens consumindo drogas, certamente cocaína. Pela manhã, eles passaram a consumir bebida alcoólica”, descreveu.
Por volta das 11 horas, a adolescente começou a passar mal. “A menininha não resistiu, teve uma convulsão, foi chamado o Samu, tentaram reanimá-la, mas infelizmente, morreu”, disse o tenente à Banda B.
Segundo a polícia, a mãe da garota se suicidou quando ela tinha apenas cinco anos de idade. Desde então, vinha sendo criada pelo avô e duas tias. “O avô é de bastante idade e contou que desde os 12 anos ela passou a ter bastante liberdade e já se envolveu com pessoas erradas”, descreveu Deliésio.
O adolescente foi apontado como namorado da garota. O dono da casa de 19 anos e a mulher foram levados para a Delegacia do Alto Maracanã. “Há suspeita de abuso de incapaz e também a facilitação, a colaboração do homicídio da moça, mesmo que culposo, a colaboração deles foi fatal para a morte dela”, finalizou o tenente. O corpo da garota foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. // News 365
Via Itambéagora

Mulher é presa suspeita de matar o filho de 6 meses asfixiado

Mulher é presa suspeita de matar o filho de 6 meses asfixiado no Pará (Foto: Divulgação)
O bebê deu entrada no Hospital Regional de Marabá, onde foi constatada a morte encefálica. (Foto: Divulgação)

Maria Cibele Feitosa foi presa em flagrante por omissão de socorro, que resultou na morte do filho de apenas seis meses. O caso ocorreu no município de Parauapebas, no sudeste paraense. As informações são do Pebinha de Açúcar.
A criança deu entrada no Hospital Regional de Marabá, onde se constatou a morte encefálica, com suspeitas de ter sofrido engasgadura.
Segundo a diretoria da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, delegada Yana Azevedo, existem indícios da suposta prática do homicídio, que está sendo investigado.
Yana ressalta que “só depois da necropsia teremos certeza das causas e iremos apurar as circunstâncias da morte do bebê”.
O DOL entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda mais detalhes sobre o caso.
(Com informações de Francesco Costa/Pebinha de Açúcar)
Fonte: https://www.diarioonline.com.br/noticias/policia/noticia-511631-mulher-e-presa-suspeita-de-matar-o-filho-de-6-meses-asfixiado-no-para.html?v=568

Tragédia: Jogador italiano sequestra, mata ex-namorada a tiros e comete suicídio

Uma tragédia amorosa chocou a Itália e o mundo esportivo neste fim de semana. O jogador italiano de futebol Federico Zini, de 25 anos, sequestrou e assassinou a ex-namorada Elisa Amato, de 30 anos, e depois cometeu suicídio.
A tragédia ocorreu em Prato, na província de Pisa. O jovem deu três tiros na ex-namorada. Os corpos de Zini e Elisa foram encontrados na manhã de sábado (26), dentro de um carro estacionado diante do campo esportivo da Rua Vecchia Fornace, na periferia de San Miniato.
O casal havia se separado há pouco mais de um ano. Desde então, Zini, que jogava pelo Tuttocuoio, da série C, perseguia Elisa e tentava reatar o namoro, mas não há registros de brigas nem de denúncias da parte da jovem contra o rapaz.
A pistola usada no crime estava registrada no nome do jogador, que a teria comprado logo após conseguir uma permissão de posse de arma de fogo.
Zini tinha começado sua carreira na categoria juvenil do Empoli como atacante. Depois de algumas experiências na Liga Pro e na Série D, tentou a sorte no exterior, atuando em Malta, Mongólia, Filipinas e Bulgária, antes de voltar ao país natal. // Terra
Via Itambéagora

Mãe é suspeita de amputar pé de menino para receber benefício

Um menino de três anos teve o pé direito amputado, possivelmente com um machado, na zona rural da cidade de Tabocas do Brejo Velho, Oeste da Bahia. Segundo a Polícia Civil, a suspeita do crime é a própria mãe da criança, que teria feito isso para o menino ser aposentado por invalidez e receber benefício do governo.
O crime ocorreu domingo passado, Dia das Mães, e só foi descoberto no dia seguinte. A vítima foi operada no Hospital do Oeste, em Barreiras, e não corre risco de morte.
O caso foi confirmado pela 26ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin), sediada em Santa Maria da Vitória e com abrangência em Tabocas do Brejo Velho.
O delegado Alessandro Braga, de Santa Maria da Vitória, disse que o caso está sendo apurado desde a quarta-feira (16), quando foi prestada a queixa do crime.
Ele não soube informar se a mãe do menino já foi ouvida no caso. O CORREIO não conseguiu contato com a delegacia de Tabocas porque o telefone da unidade está quebrado.
O crime chegou até as autoridades policiais por meio do Conselho Tutelar de Tabocas, que recebeu denúncias de moradores do povoado de Juazeiro (a 16 km da sede), onde a criança mora com a mãe.
A conselheira tutelar Silvana Oliveira Campos, de Tabocas, disse que as suspeitas recaem sobre a mãe porque na casa dela foi encontrado um machado e um pano sujos de sangue.
Os objetos estavam num depósito nos fundos da residência, e foram apontados pelos avós da criança, que deram informações confusas sobre o que ocorreu com a vítima.
A criança, segundo a conselheira tutelar, está em um abrigo em Barreiras. O Conselho Tutelar de Tabocas pedirá que mãe da criança perca a guarda da mesma.
Há suspeitas de que, no momento do crime, ela tenha sido ajudada por um homem, que seria companheiro dela, mas ainda não foi identificado. A mulher está desempregada.
O Conselho Tutelar informou ainda que obteve informações de populares de Juazeiro de que a mãe do menino vivia dizendo que queria viver de benefício do governo.
Fonte: Correio

ABSURDO! Adolescente de 16 anos manda matar o pai que não a deixava namorar

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida pela Polícia Civil suspeita de mandar matar o pai, de 49 anos, e a namorada dele, de 47 anos, na Lapa, cidade da Região Metropolitana de Curitiba, na madrugada deste sábado (5). Segundo a polícia, a garota confessou o crime. O casal morreu esfaqueado.
A mulher, conforme a polícia chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu.
A Polícia Civil afirma que a adolescente morava com a mãe, que não a deixava namorar. Então, a jovem foi morar com o pai, com a promessa que ele seria mais flexível. Ainda de acordo com a polícia, como isso não se concretizou e o pai não a deixava sair, a adolescente decidiu planejar o crime.
Outro adolescente de 16 anos, suspeito de envolvimento no crime foi apreendido. Há ainda um terceiro suspeito preso. Um rapaz, de 19 anos, sobrinho do homem morto. O adolescente e o rapaz também admitiram o crime, conforme divulgado pela polícia.
Um inquérito foi aberto para investigar as mortes.
O crime
De acordo com a Polícia Civil, por volta das 2h, a Polícia Militar foi acionada pela adolescente para atender um duplo homicídio na cidade. A PM acionou a Polícia Civil, que iniciou o trabalho de investigação.
A adolescente foi conduzida à delegacia para prestar depoimento. No entanto, segundo os investigadores, ela ficou nervosa, entrou em contradição e acabou confessando o crime.
De acordo com a polícia, ela estava planejando a morte do casal havia duas semanas.
O crime aconteceu após o pai da jovem ir buscar a namorada em Colombo, também da Região Metropolitana de Curitiba.
Quando ele saiu, a filha contatou os outros dois suspeitos por telefone que se esconderam no forro da casa. O crime foi cometido no quarto do casal.
Conforme a polícia, quem matou o pai da jovem foi o rapaz de 19 anos – ele tem antecedentes criminais e estava solto havia 40 dias. O adolescente, de acordo com a polícia, matou a mulher. // G1 Paraná.
Via Itambéagora
Proxima  → Inicio

Total de Visitas

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Seguidores

Postagem em destaque

EDUCAÇÃO MUNICIPAL DE TUNTUM, SEGUINDO NO CAMINHO CERTO! VEJA FLASHES:

Durante todo o dia de ontem, segunda feira 11, foi realizado no prédio do Complexo Educacional Dr. Tema, através da Secretaria Municipal ...

Curta Minha Página

Blog Arquivo